| Futebol

Conexão Brasil-Dinamarca: prata em 1908, inglês foi técnico no 1º Fla-Flu

Charles Williams, que ganhou medalha com os dinamarqueses, chegou ao Tricolor em 1911, fixou raízes no Rio e também passou por Botafogo, Flamengo e América

flameng - Conexão Brasil-Dinamarca: prata em 1908, inglês foi técnico no 1º Fla-Flu

Adversária do Brasil nesta quarta-feira, a Dinamarca tem duas medalhas de prata olímpicas no futebol. A primeira delas em 1908, quando aplicou a maior goleada da história dos Jogos: 17 a 1 em cima da França. Um personagem daquela equipe é bastante ligado ao futebol carioca: o técnico Charles Williams, que se tornou o primeiro treinador da história do Fluminense em 1911 e estava no banco no primeiro Fla-Flu da história no ano seguinte. Ele fixou raízes no Rio de Janeiro na década de 20, conquistou mais um titulo no Tricolor e depois passou também pelo Flamengo.

Nascido na Inglaterra, Williams teve uma carreira longa no futebol local, o mais desenvolvido da época. Foi goleiro do Woolwich Arsenal (atual Arsenal) na primeira temporada do clube na elite inglesa, em 1891. Depois atuou também por Manchester City e Tottenham. Encerrou a carreira em 1908, mesmo ano em que assumiu o comando da seleção dinamarquesa para as Olimpíadas, que foram disputadas em Londres.

Na campanha, a Dinamarca fez bonito: fez 9 a 0 na França B, além dos incríveis e já citados 17 a 1 nos franceses na semifinal. Na decisão, derrota por 2 a 0 para a Inglaterra. Williams permaneceu até 1910 no cargo, quando um convite do Fluminense apareceu na vida dele.

Quem o convidou foi Oscar Cox, um dos fundadores do clube, que vivia na Inglaterra na época. Williams aceitou o convite, e mesmo em um tempo no qual o futebol era amador, recebia um salário para exercer a função: 18 libras esterlinas, mais passagem de ida e volta, casa e comida, de acordo com matéria escrita pelo jornal "Diário de Notícias" em 1939. Isso numa época em que o futebol era, em tese, amador, e as remunerações eram proibidas.

Williams tornou-se o primeiro técnico do Fluminense, que antes disso era comandado por uma junta formada pelos próprios jogadores do clube. E logo em seu ano de estreia, não decepcionou: foi campeão carioca. No ano seguinte, ficou apenas em quinto lugar com a equipe, o que selou sua saída, mas fez história: comandou o Tricolor no primeiro Fla-Flu na vitória por 3 a 2 do Fluminense.






Williams retornaria ao Brasil em 1924 para vencer novamente o campeonato carioca pelo Fluminense, em um ano no qual houve dois campeonatos e uma briga envolvendo o Vasco e a AMEA (Associação Metropolitana de Esportes Amadores). O Cruz-Maltino venceu um dos campeonatos, organizado pela recém-criada LMDT (Liga Metropolitana de Desportos Terrestres).

Veja tudo sobre a Rio 2016
Confira a agenda olímpica
Tudo sobre o futebol na Olimpíada
Veja todos os especiais sobre a Rio 2016

O treinador permaneceu no Flu até 1926, e depois assumiu o América, com quem foi campeão carioca como treinador em 1928. Por ironia do destino, seus comandados derrotaram o Fluminense por 3 a 2 na decisão. Depois, passou por Botafogo e Flamengo, se aposentando em 1931. Depois, ficou no Brasil até sua morte, em 1952, e está enterrado no cemitério dos ingleses, na Gamboa.


Fonte: http://globoesporte.globo.com/olimpiadas/futebol/noticia/2016/08/conexao-brasil-dinamarca-prata-em-1908-ingles-foi-tecnico-no-1-fla-flu.html

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.