| Futebol

Conquista do Mundial de Clubes de basquete completa um ano

Com o título, o Flamengo se une a Barcelona e Real Madrid como um dos três clubes campeões do mundo no futebol e no basquete

Parabéns, Nação Rubro-Negra. Há um ano, 40 milhões de apaixonados são campeões mundiais de basquete. Antes daquele domingo, dia 28 de setembro de 2014, o FlaBasquete era campeão de quase tudo: carioca, brasileiro e continental. Depois da vitória sobre o campeão europeu, Maccabi Tel Aviv, os craques rubro-negros da bola laranja chegaram ao topo do mundo, posto merecido que coroou uma temporada perfeita.

Esta noite, você está convidado a comemorar com o time no Tijuca Tênis Clube, na estreia do FlaBasquete no Campeonato Carioca, contra o Botafogo. O clube preparou uma série de ações para torcedores e sócios-torcedores: clique aqui e confira. Para entrar, basta levar um quilo de alimento não-perecível.

Confira as fotos do Mundial. 

Relembre a trajetória do FlaBasquete até a Copa Intercontinental.

No primeiro desafio, um placar adverso
Seis meses depois de conquistar a Liga das Américas, o Flamengo entrou em quadra para enfrentar o poderoso Maccabi Tel Aviv, que chegou ao Mundial de Clubes credenciado por uma vitória sobre o Real Madrid. O troféu da Copa Intercontinental seria decidido em duas partidas, na HSBC Arena. No primeiro confronto, o time israelense venceu por três pontos de diferença (69 a 66), e só uma vitória por quatro pontos de diferença ou mais levaria a taça para a Gávea. 

Com um jogo disputado ponto a ponto e tempos equilibrados (15-14; 20-16; 16-16 e 15-23), o Rubro-Negro manteve viva a esperança: ficou claro que a vitória era possível. E o que não seria possível para aquele time que ganhou quase todos os jogos da temporada, contando todas as competições? 

Título com a cara do Flamengo
Como de costume, na finalíssima da Copa Intercontinental, a equipe rubro-negra contou com seis jogadores - cinco em quadra e o sexto na arquibancada. Nos primeiros movimentos da partida, o Maccabi abriu sete pontos de vantagem, mas a Nação logo se agitou nas arquibancadas e, em meio a já conhecida sinergia entre torcida e time, os atletas responderam ao estímulo com a bola das mãos. Com duas cestas de três seguidas de Marquinhos e duas cestas seguidas de Meyinsse, o Rubro-Negro logo virou para 11 a 7. Se no primeiro quarto, os comandados de José Neto venceram por apenas dois pontos de diferença (27 a 25), no segundo, o Flamengo fechou a parcial em 19 a 11.

Depois do intervalo, o Maccabi tentou a reação e venceu o terceiro período por 25 a 18, mas no derradeiro quarto, o Mais Querido do Mundo mostrou a que veio e quem eram os donos da casa, fechando a parcial com dez pontos de frente (26 a 16) e garantindo a vitória e o campeonato com um convicente 90 a 77 no marcador.

Nos braços da Nação
Mais bonito que a habilidade, a raça e a qualidade técnica dos jogadores rubro-negros na partida, só a festa do título. Em êxtase, os torcedores que lotavam as arquibancadas formaram um mar de gente na quadra - mar esse que logo se tornou um trono para os jogadores, como Olivinha e Herrmann. O argentino ainda protagonizou uma das cenas inesquecíveis da conquista: o pivô subiu no aro - com a facilidade que lhe permitem seus 2,06m de altura - e cortou a cesta do jogo para guardar de recordação.

Na premiação, o ídolo e capitão Marcelinho Machado levantou a cobiçada taça, pouco antes dos atletas e comissão do Maccabi saírem atordoados com a magnífica torcida rubro-negra, declarando aos microfones dos jornalistas presentes que nunca haviam visto nada parecido na vida. O basquete do Flamengo era maior que nunca e a Nação Rubro-Negra imensa e fantástica como sempre.

O Clube de Regatas do Flamengo e a Maior Torcida do Mundo agradecem o apoio da adidas, Sky, Peugeot, TIM, Universidade Estácio de Sá, Governo do Estado - Secretaria de Esporte e Lazer nesta e em outras conquistas inesquecíveis.

Fonte: http://www.flamengo.com.br/site/noticia/detalhe/22229/conquista-do-mundial-de-clubes-de-basquete-completa-um-ano

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.