• BICAMPEÃO DA LIBERTADORES
  • HEPTACAMPEÃO BRASILEIRO

Contratado no fim de 2019, Thiago ainda não conseguiu fazer estreia pelo Flamengo

Adquirido junto ao Náutico por cerca de R$ 6 milhões no fim de 2019 para ser um dos principais jogadores da equipe Sub-20 do Flamengo, Thiago Fernandes, de apenas 19 anos, iniciou os trabalhos no CT Ninho do Urubu no começo de dezembro, mas ainda não conseguiu fazer sua estreia oficial pelo Rubro-Negro.

O meia-atacante só foi relacionado para um partida neste ano: contra o Fluminense, pela Taça Guanabara, ainda sob o comando do treinador Maurício de Souza. Porém, após esse confronto, uma ordem judicial impediu o Náutico, seu ex-clube, de dar entrada na rescisão contratual e impediu que a diretoria do Flamengo o inscrevesse na CBF.

O clube foi surpreendido com uma decisão preferida pela justiça federal daqui de Pernambuco nos autos de um processo de execução fiscal movido pela Fazenda Nacional. Nesta decisão, a Juíza determinou o bloqueio do registro do Thiago junto à CBF, explicou Bruno Becker, um dos advogados do Náutico.
Além desse ocorrido, o jogador foi submetido a tratamentos dentários, para que fosse corrigido um problema que poderia acarretar em lesões, e fortalecimento dos músculos, que rendeu mais 4kg ao atleta. Quando a estreia parecia acontecer, no Campeonato Carioca Sub-20, Thiago sentiu um incômodo na virilha direita e precisou ser cortado do duelo.
Após ser cortado, o futebol brasileiro paralisou por tempo indeterminado, por conta da pandemia mundial do novo coronavírus. Na última sexta-feira (27), o Flamengo comunicou aos jogadores das categorias de base que o clube daria férias aos atletas do dia 1 a 20 de abril.

Publicado em colunadofla.com.