• BICAMPEÃO DA LIBERTADORES
  • HEPTACAMPEÃO BRASILEIRO

#COVID19: Espanha ultrapassa o número de 100 mil casos confirmados do novo coronavírus

A Espanha voltou a registrar um aumento no número de óbitos diários por consequência do novo coronavírus. Pelo quinto dia seguido, o registro de mortos passou a marca de 800. O Ministério da Saúde local divulgou que, nas últimas 24 horas – da última terça-feira (31) para esta quarta-feira (01) – 864 pessoas foram vítimas fatais por conta da doença.

Até o momento, a Espanha é o segundo país com mais óbitos registrados por consequência do COVID-19, ficando atrás apenas da Itália (com mais de 12,4 mil mortes). O número de infectados também deu um salto e passou de 100 mil casos confirmados, com um aumento de 7.719 – se comparado a terça. Entre o número de pessoas recuperadas, mais de 22.500 foram curadas.

No mundo, mais de 857.502 mil pessoas já foram diagnosticadas com o novo coronavírus e mais de 42 mil óbitos. No Brasil, já são 202 mortes pela doença e 5.812 pessoas infectadas. O COVID-19 se caracteriza por sintomas leves, como dor de garganta, tosse e febre. A doença pode ser mais grave para algumas pessoas – como as do grupo de risco (idosos, diabéticos, hipertensos, entre outros) causando pneumonia ou dificuldade para respirar.

A solução mais eficaz para evitar ainda mais a proliferação do coronavírus, até o momento, é se manter em casa. O isolamento social evita que o contágio seja ainda maior. Por tanto, vale seguir as recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS) e permanecer em casa o máximo possível. Outro fator fundamental que pode frear significativamente que a doença se espalhe é a higiene das mãos. Lavá-las com água e sabão e fazer uso do álcool gel pode ajudar no combate à doença.

Publicado em colunadofla.com.