| Futebol

Criança que encantou torcida do Fla realiza sonho de conhecer Léo Moura

Torcedor símbolo da vitória rubro-negra sobre o Sport no Maracanã, pela 14ª rodada do Brasileirão, pequeno Juan visita concentração do clube e ganha carinho do ídolo

Protagonista de um ato que encantou os rubro-negros e ganhou destaque nacional na última semana, Juan Reis, de apenas dois anos, pode ainda não ser capaz de assimilar tudo que está vivenciando neste momento. Mas, certamente, crescerá ciente que, melhor do que sonhar, é viver o sonho. Afinal, fã de Léo Moura, a quem sempre grita o nome quando acompanha os jogos do Flamengo, o pequeno torcedor de Saquarema, cidade da Região dos Lagos do Rio, foi recebido junto com a família pelo ídolo na concentração do clube em um hotel na Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, na noite desta terça-feira.

Motivado pelo gesto da criança de rodopiar a camisa ao ser erguido pelo pai na arquibancada do Maracanã - que chamou a atenção de quem assistiu a vitória do Flamengo sobre o Sport por 1 a 0 pela 14ª rodada do Brasileirão-, o lateral rubro-negro atendeu o pedido da família e encontrou o novo xodó da torcida. Sem palavras para descrever o que sentia, a mãe do torcedor-mirim, Viviane Nazareth, de 33 anos, afirmou ter vivido a segunda maior emoção de sua vida.

- Eu não sei nem o que dizer. É muito emoção. O Juan ficou em estado de choque quando viu o Léo Moura. Foi uma loucura! Foi a segunda maior emoção da minha vida! A primeira foi ter o meu filho, a segunda foi encontrar o Léo Moura - afirmou.

Família de Juan Reis é recebida por Léo Moura (Foto: Arquivo pessoal)Família de Juan Reis é recebida por Léo Moura (Foto: Arquivo pessoal)

 

Esta não é a primeira vez que o menino Juan Reis fica próximo ao ídolo Léo Moura. Na final do Campeonato Carioca, após o Flamengo bater o Vasco e se sagrar campeão, o lateral-direito passou por onde o pequeno torcedor estava com a família no Maracanã e lhe deu a braçadeira de capitão utilizada no jogo. Hoje, o presente é usado constantemente pelo torcedor-mirim sobre a camisa do Fla que leva o número 2 nas costas, em homenagem ao ídolo.

- Ele adora o Léo Moura. Sempre fica gritando o nome dele. Na camisa do Flamengo, o Juan usa o número 2 para homenagear o jogador. Inclusive, a braçadeira de capitão que ele usa foi um presente do Léo Moura. Na final do Carioca, o Léo Moura passou perto de onde estávamos e presentou o Juan. Foi uma emoção muito grande. Depois disso, o carinho dele pelo jogador só aumentou - disse Viviane Narareth, após o filho ganhar destaque.

Torcedor criança flamengo maracanã (Foto: Ivo Gonzales / Agência o Globo)Torcedor-mirim do Fla, Juan Reis se torna símbolo da torcida do Fla (Foto: Ivo Gonzales / Agência o Globo)

Na 14ª colocação do Brasileirão com 16 pontos, o Flamengo recebe o Atlético-MG no Maracanã nesta quarta-feira, às 22h, pela 16ª rodada competição. Motivada pelas duas vitórias consecutivas do time na competição, a família de Juan Reis estará no estádio com o pequeno torcedor para acompanhar o confronto e apoiar o time na busca pelos três pontos.

COMO TUDO COMEÇOU

 

No dia 10 de agosto, data em que foi celebrado o Dia dos Pais, Juan Reis foi levado ao Maracanã pela família para acompanhar o confronto do Flamengo contra o Sport, pela 14ª rodada do Brasileirão. Amargando a lanterna da competição na ocasião, o Rubro-Negro Carioca venceu o clube pernambucano por 1 a 0 e deixou a última posição da tabela de classificação, graças aos três pontos conquistados.

Entre as 42 mil pessoas presentes no estádio, o pequeno torcedor se destacou ao ser erguido pelo pai como um troféu vivo e demonstrar todo a amor pelo clube ao rodopiar a camisa. No dia seguinte, o rosto da criança estampou a capa de diversos jornais, que o elegeram como torcedor símbolo do triunfo rubro-negro.

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.