A situação do treinador não é nada confortável. Além de questionado pela torcida, Zé Ricardo perdeu o apoio de praticamente todos os vice-presidentes do Flamengo. No entanto, a cúpula que representa o futebol, formada pelo presidente Eduardo Bandeira de Mello e os diretores Fred Luz e Rodrigo Caetano, ainda dá respaldo ao trabalho do comandante. 

A diretoria do Flamengo sabe os resultados da temporada não condizem com o investimento feito no elenco. A 15 pontos de distância do líder Corinthians, o clube não vê uma arrancada no Brasileirão como um objetivo palpável, pelo menos atualmente. Por isso, a Copa do Brasil e a Sul-Americana passam a ser os principais focos do Rubro-Negro para não terminar 2017 sem um título de expressão. No torneio nacional, a equipe enfrenta o Botafogo na semifinal; no sul-americano, o adversário deve ser a Chapecoense, nas oitavas, caso o time avance contra o Palestino.

​​

​​