| Futebol

D. Tardelli segue líder do Armandão, e Marcelo, do Fla, é o melhor zagueiro

Atacante mantém a ponta do ranking geral, mesmo desfalcando o Atlético-MG. Rubro-negro completa 40% dos jogos e já é o primeiro de sua posição

Marcelo Flamengo e Diego tardelli Atlético-MG Brasileirão (Foto: Agência Getty Images)Marcelo, do Fla, é melhor zagueiro, e Tardelli, do
Galo, lidera no geral (Foto: Agência Getty Images)

O primeiro turno do Campeonato Brasileiro encerrou-se no último final de semana, mas ainda há jogador entrando para valer na disputa para ser o melhor de sua posição no Troféu Armando Nogueira. Dois bons exemplos são Marcelo, do Flamengo, e Clayton, do Figueirense, que só agora completam o mínimo de 40% dos jogos de suas equipes e passam a figurar como destaques de suas posições. Marcelo, aliás, já surge como líder entre os zagueiros, e Clayton como o terceiro entre os atacantes. Cada um soma oito partidas.

Marcelo tem nota média de 6,56, superando por pouco o antigo líder da posição, Gil, do Corinthians, que tem 6,5. Clayton acumula 6,75 de média e só não assumiu a segunda colocação entre os atacantes porque Marcelo Moreno, do Cruzeiro, subiu de 6,73 para 6,79. Ambos ainda um pouco distantes do melhor jogador de ataque e também da competição, Diego Tardelli, que jogou pela Seleção, desfalcou o Atlético-MG e manteve seus 6,91.

Essa é a segunda rodada com Tardelli na liderança geral do ranking. O Top 5, inclusive, teve poucas alterações após os jogos de sábado e de domingo. Os cruzeirenses Ricardo Goulart e Éverton Ribeiro também foram cedidos à seleção brasileira e, portanto, seguem com 6,89 e 6,80, respectivamente. Mas enquanto Goulart sustentou a vice-liderança isolada, Éverton viu o goleiro gremista Marcelo Grohe igualar sua pontuação. Ganso ainda é terceiro, mas sua média caiu um pouco, de 6,85 para 6,81.

saiba mais
  • Veja o ranking completo do Armandão

Por falar em goleiros e meias, os quintetos que lideram em cada uma dessas posições permanecem os mesmos. Só que Jefferson (6,73), do Botafogo, pode abrir o olho. Ele manteve o segundo lugar enquanto viajou para os amistosos do Brasil, e viu Grohe (subiu de 6,76 para 6,80) se afastar e seus três concorrentes mais próximos se aproximarem. Entre os meias, Ganso e Conca perderam média, mas não posição (veja a lista completa abaixo).

Por fim, vale destacar a hegemonia do Internacional nas laterais. Se na direita, Cláudio Winck e Wellington Silva já dominavam, na esquerda Fabrício agora é o novo líder. Curiosamente, sua média caiu de 6,14 para 6,13, mas ele superou Pará, do Bahia, que recebeu 4,0 diante do Coritiba e viu sua média baixar de 6,33 para 6,10. O time Colorado também tem o melhor voltante, Aránguiz (6,5). A novidade no setor é Thiago Mendes (6,32), do Goiás, em quarto.

PARCIAL ARMANDÃO 09/09/14 (Foto: Editoria de Arte)

É importante ressaltar que cada craque da rodada recebe bônus de 0,05 somado à sua média geral. Para um jogador entrar na seleção parcial do campeonato, é preciso que tenha disputado, ao menos, 40% dos jogos de sua equipe no Brasileirão. A seleção do campeonato é montada após a apuração das médias de todos os jogadores da Série A. O Troféu Armando Nogueira não tem nenhuma relação com a pontuação dos atletas no Cartola FC.

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.