| Futebol

De olho na liderança, Flamengo visita o tumultuado São Paulo no Morumbi

flameng - De olho na liderança, Flamengo visita o tumultuado São Paulo no Morumbi
Além do perigo do rebaixamento, São Paulo enfrenta crise política dentro do clube (Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press)

Um clássico que vale muito mais que os três pontos promete esquentar a 28ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Flamengo visita o São Paulo neste sábado, às 16h (de Brasília), no Morumbi, tentando assumir a liderança e pressionar o Palmeiras, hoje na ponta da tabela de classificação com 54 pontos. Com um ponto a menos, o Rubro-Negro, em caso de triunfo, vai alcançar o primeiro lugar pelo menos até segunda-feira, quando o Verdão visita o Santa Cruz, em Pernambuco.

Se o Flamengo, que não perde há sete jogos no Brasileirão, pensa em título, o São Paulo atravessa uma fase complicada. O time, eliminado pelo Juventude na Copa do Brasil, perdeu por 2 a 0 para o Vitória na rodada passada e, com 34 pontos, flerta com a zona de rebaixamento. O momento do Tricolor é de preocupação e há quem fale em uma insatisfação com o técnico Ricardo Gomes. Porém, os jogadores tentam minimizar a responsabilidade do treinador e miram na vitória.

“Se vencermos, melhor para todos. Se perdermos e não conseguirmos os objetivos, é ruim para todo mundo. Não pode colocar só culpa no treinador, nem nos jogadores. Temos de trabalhar mais e fazer de todo possível para o time ganhar e conquistar os pontos necessários. Brigar por título é muito distante. Mas precisamos sair dessa área de desconforto, de rebaixamento. Perguntam muito se estou preocupado, pelos pontos, sim, mas o São Paulo é um clube muito grande. Precisamos colocar essa grandeza dentro de campo e somar o máximo possível de pontos”, disse o goleiro Denis.

Leia mais

Com Wellington de volta após um ano, Tricolor divulga relacionados Agora é oficial: Roberto Natel entrega cargo e confirma racha político Zé Ricardo garante que eliminação não afetará o Fla diante do São Paulo

O momento são-paulino foi minimizado pelos flamenguistas, que não esperam facilidades.

“O São Paulo tem um time de qualidade e está atravessando um mau momento, mas pode sair a qualquer momento. Portanto, não vamos nos iludir esperando facilidades, muito pelo contrário. Vai ser um compromisso ainda mais complicado pelo fato de o rival também precisar se mobilizar para ganhar”, disse o técnico Zé Ricardo.

Vice-líder, Flamengo está apenas um ponto atrás do Palmeiras (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)

O Flamengo também sofreu um baque no meio de semana, pois foi eliminado da Copa Sul-Americana ao perder para o modesto Palestino. Os jogadores flamenguistas, porém, acreditam que esse tropeço não vai influenciar na luta contra o Palmeiras.

“Nós precisamos levantar a cabeça e olhar para frente, pois a temporada não permite muito tempo para lamentações. Já temos uma rodada importante do Campeonato Brasileiro no fim de semana e agora esse é o único foco que temos. Vamos trabalhar pensando na melhor maneira de vencer o São Paulo. A frustração realmente existe, pois todos queriam disputar uma final de Sul-Americana. Mas infelizmente isso não foi possível”, disse o goleiro Alex Muralha.

Se o Flamengo luta contra o Palmeiras, o São Paulo, ganhando, vai ajudar um rival. Isso porém não é motivo de preocupação pelos lados do Morumbi.

“O São Paulo não tem como ajudar ninguém. Temos que ajudar a gente mesmo. Se não vencermos o Flamengo, quem se complica somos nós. A gente tem coisas mais importantes para nos preocupar do que se o Palmeiras vai ser campeão ou não”, afirmou o volante Hudson.

Em termos de escalação, o Flamengo vaio promover o retorno dos titulares poupados contra o Palestino, porém, não poderá contar com o lateral-direito Pará, que cumpriu suspensão por ter sido advertido com o terceiro cartão amarelo na vitória de 2 a 1 sobre o Cruzeiro. Rodnei assume a vaga.

O São Paulo também terá mudanças. O zagueiro Diego Lugano entra na vaga de Lyanco, vetado com estiramento muscular na coxa direita. Maicon deve começar no banco. Enquanto isso, o lateral-direito Bruno ganha a vaga de Buffarini por decisão da comissão técnica. Recuperado de dores no joelho direito, o meia Kelvin ganha o posto de Luiz Araújo.

No primeiro turno do Campeonato Brasileiro as duas equipes se enfrentaram no Estádio Mané Garrincha, em Brasília (DF), e empataram por 2 a 2. Naquela ocasião, o argentino Calleri marcou os dois gols são-paulinos, enquanto que Rodrigo Caio, contra, e Willian Arão anotaram os tentos dos cariocas.

FICHA TÉCNICA SÃO PAULO X FLAMENGO

Local: Morumbi, em São Paulo (SP) Data: 1 de outubro de 2016, sábado Horário: 16h (de Brasília) Árbitro: Sandro Meira Ricci (Fifa-SC) Assistentes: Nadine Schramm Camara Bastos (Fifa-SC) e Helton Nunes (SC)

SÃO PAULO: Denis, Bruno, Diego Lugano, Rodrigo Caio e Eugênio Mena; Thiago Mendes, Hudson, Christian Cueva, Kelvin e Carlinhos; Andrés Chaves Técnico: Ricardo Gomes

FLAMENGO: Alex Muralha, Rodnei, Réver, Rafael Vaz e Jorge; Márcio Araújo, Willian Arão, Gabriel, Diego e Everton; Paolo Guerrero Técnico: Zé Ricardo

Histórico do confronto no Campeonato Brasileiro (Unificado de 1959 a 2016)
x
JOGOS (58)
23 vitórias
17 empates
18 vitórias
GOLS (153)
90 gols
63 gols
Uma vitória marcante de cada time
São Paulo 4 x 1 Flamengo 29 de julho de 2012 Campeonato Brasileiro (pontos corridos) Local: Morumbi (São Paulo) Árbitro: Jailson Macedo Freitas (BA) Renda: R$ 951.033,00 Público: 33.376 São Paulo: Rogério Ceni; João Filipe, Rafael Toloi e Rhodolfo; Rodrigo Caio (Cícero), Denilson, Maicon (Willian José), Jadson e Cortez; Ademilson (João Schmidt) e Luis Fabiano. Técnico: Ney Franco. Flamengo: Paulo Victor; Leonardo Moura, Wellinton, Marcos González e Ramon; Airton (Amaral), Luiz Antônio, Ibson e Camacho (Bottinelli); Adryan (Thomas) e Vagner Love. Técnico: Dorival Júnior. Gols: Maicon aos 41’, e Luis Fabiano, aos 46’ 1º tempo; Luis Fabiano aos 14’, Ramon, aos 21’ e Jadson aos 47’ do 2º tempo. Cartões Amarelos: Luis Fabiano e Rodrigo Caio (São Paulo); Ramon (Flamengo).
São Paulo 3 x 4 Flamengo 16 de fevereiro de 1982 Campeonato Brasileiro (1ª fase) Local: Morumbi (São Paulo) Árbitro: Édson Alcântara do Amorim (MG) Renda: Cr$ 27.972.500,00 Público: 70.857 São Paulo: Waldir Peres; Getúlio, Gassem, Darío Pereyra e Marinho Chagas; Almir, Renato e Éverton; Ricardo (Buca), Serginho e Heriberto. Técnico: Formiga. Flamengo: Raul; Leandro, Marinho, Mozer e Júnior; Andrade, Adílio e Zico; Tita, Nunes e Lico (Vítor). Técnico: Paulo César Carpegiani. Gols: Renato aos 8’, Nunes aos 20’ e Lico 22’ do 1º tempo; Tita aos 4’, Zico, aos 10’, Darío Pereyra aos 13’ e Éverton aos 26’ do 2º tempo. Cartões amarelos: Júnior e Nunes (Flamengo); Almir (São Paulo)

 

 

Fonte: http://www.gazetaesportiva.com/campeonato-brasileiro-serie-a/de-olho-na-lideranca-flamengo-visita-o-tumultuado-sao-paulo-no-morumbi/

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.