| Futebol

De olho no clássico, Zé Ricardo concede entrevista coletiva: "Um jogo especial"

Ao fim do treinamento da manhã, treinador fala aos jornalistas na Sala de Imprensa Victorino Chermont

flameng - De olho no clássico, Zé Ricardo concede entrevista coletiva: "Um jogo especial"

Foto: Gilvan de Souza

De volta ao Rio de Janeiro após a estreia rubro-negra pela Copa Conmebol Sul-Americana, que resultou no triunfo por 5 a 2 sobre a equipe chilena do Palestino, os trabalhos foram retomados no Ninho do Urubu visando mais um importante compromisso pelo Campeonato Brasileiro. Encerradas as atividades em campo, o técnico Zé Ricardo comparece à Sala de Imprensa Victorino Chermont, onde concede a última entrevista coletiva que antecede o clássico desse sábado (08), contra o Vasco da Gama.


A maior parte das perguntas feitas pelos jornalistas presentes tiveram foco na partida, que já foi vivida por diversas vezes pelo comandante rubro-negro, principalmente durante seu período trabalhando junto às categorias de base. Sobre o confronto desse fim de semana, o treinador ressalta o objetivo de manter a boa fase na competição nacional, dando ênfase à confiança que tem no grupo em busca de mais um grande desempenho, dessa vez fora de casa.

"Realmente é um jogo especial para nós. Não só por se tratar de um clássico regional, mas também para mantermos a boa fase que estamos passando", analisa Zé Ricardo. "Jogar em São Januário é sempre muito difícil. Enfrentei o adversário várias vezes pela base. Mas quando começar o jogo, quem terá o poder de decisão serão os jogadores. A torcida do Vasco fará a parte dela, pois estarão jogando em casa, mas nossa torcida também estará presente. Vamos, sem dúvida alguma, com muita força e esperança de fazermos mais uma boa partida e mantermos nosso bom ritmo", projeta.

Devido à grande sequência de partidas, o departamento físico tem feito uma programação especial para que os atletas estejam em suas melhores condições. Como parte desse cronograma, alguns jogadores permaneceram no Ninho do Urubu realizando trabalhos específicos durante a viagem da delegação ao Chile na última segunda-feira (03). Zé Ricardo explica um pouco desse planejamento e comenta as razões pelas quais, visando a continuidade da temporada, esses atletas não foram relacionados para o último confronto.

"Essa é uma programacao que fazemos periodicamente. Alguns jogadores vinham de uma sequência muito grande, não só pelo clube, mas por suas seleções, como é o caso do Paolo (Guerrero) e do Miguel (Trauco). Vimos essa oportunidade, pois viemos de uma sequência grande e teremos outra sequência muito grande. Infelizmente esse jogo não será no domingo. Teríamos um tempo maior para descansar, porque o próximo jogo será apenas na quinta-feira, contra o Grêmio. Será improtante fazermos esse esforço", observa o comandante rubro-negro, que explica a opção de elenco no confronto contra o Palestino. "Fomos com uma equipe forte na medida do possível, com todos aqueles que poderiam estar fisicamente lá em cima, até porque sabíamos que era um jogo de grande intensidade, que é como as equipes chilenas jogam. Foi muito importante para a gente recuperar alguns atletas e para outros melhorarem seu ritmo, equilibrando a minutagem do elenco. Assim esperamos fazer durante toda a temporada", projeta.

Outros tópicos foram abordados durante a entrevista, como o estado físico do lateral-direito Pará e do meia Diego, além do ganho de ritmo de jogo de Everton Ribeiro, que anotou seu primeiro gol vestindo o Manto Sagrado no último confronto. Zé Ricardo também comenta o plano de jogo rubro-negro para o clássico desse sábado (08), que terá bola rolando em São Januário a partir das 18h.

Confira a entrevista coletiva do treinador Zé Ricardo na íntegra pelas lentes da FlaTV:

Fonte: http://www.flamengo.com.br/site/noticia/detalhe/25656/de-olho-no-classico-ze-ricardo-concede-entrevista-coletiva-um-jogo-especial

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.