• BICAMPEÃO DA LIBERTADORES
  • HEPTACAMPEÃO BRASILEIRO

Defensoria Pública quer obrigar Flamengo a manter pensão de R$ 10 mil às famílias das vítimas de tragédia

Novidades sobre o caso dos garotos do ninho! O jornal O Globo noticiou que o Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro marcou para a próxima quarta-feira (19) o julgamento do recurso apresentado pelo Flamengo contra a liminar que obriga o rubro-negro a pagar 10 mil reais por mês as famílias dos garotos mortos no incêndio do CT Ninho do Urubu. Em síntese, totalmente contra a posição do clube, a Defensoria Pública vai brigar em julgamento pela manutenção da decisão do pagamento mensal.

Lembrando que em dezembro de 2019, a decisão tomada pela 1ª Vara Cível da Barra da Tijuca, obriga que o Flamengo pague mensalmente a quantia aos familiares dos meninos mortos no Ninho do Urubu que não chegaram a um acordo de indenização. A saber, três famílias e meia ainda não entraram em um consenso com o clube (Arthur, Christian, Pablo e a mãe de Rykelmo).

No mês de Fevereiro, tanto a Defensoria Pública do Estado do Rio de Janeiro e o Ministério Público estadual acrescentaram em ação coletiva contra o Flamengo novos pedidos de indenização. No entanto, em abril a justiça manteve a liminar, na qual o rubro-negro siga depositando na conta dos familiares a quantia de 10 mil reais por mês.

Publicado em colunadofla.com.