Defesa de Guerrero irá recorrer, mas peruano pode não atuar mais pelo Fla

Defesa de Guerrero irá recorrer, mas peruano pode não atuar mais pelo Fla

A manhã desta sexta-feira não trouxe uma notícia muito boa para o Flamengo e seus torcedores. Por ter sido pego no doping após a partida entre Argentina e Peru pelas Eliminatórias da Copa do Mundo da Rússia, o atacante Paolo Guerrero está suspenso por um ano do futebol. 

A decisão foi publicada no site oficial da FIFA. Guerrero testou positivo para a benzoilecgonina, um metabólito da cocaína. Como já vinha cumprindo uma suspensão provisória, o atacante só poderá retornar aos gramados no dia 3 de novembro de 2018. 

Sem perder tempo, a defesa do atleta confirmou ao LANCE! que irá recorrer de forma imediata para reduzir a pena. Um dos advogados do peruano, Bichara Neto, garantiu que o fato do uso de cocaína ter sido descartado ajuda o atleta que esta prestes a completar 34 anos. 

Pouco tempo depois, os advogados do atacante peruano soltaram uma nota oficial, onde revelaram estar surpresos com a punição tão longa para o seu cliente e garantindo que vão até o fim para ajudar Guerrero. 

Confira a nota dos advogados de Guerrero

"Guerrero e seus advogados receberam com extrema surpresa e decepção o resultado publicado pela FIFA, punindo o atleta com 1 ano de suspensão, mesmo reconhecendo que o atleta não faz uso de cocaína. As provas são contundentes e somadas à baixíssima concentração de metabólito comum à folha de coca, não justificam em nenhuma hipótese essa decisão. Vamos recorrer até a última instância em busca doe justiça e em prol do Jogo Limpo e do Esporte Justo"

Guerrero pode não atuar mais pelo Flamengo. Entenda: 

A punição de Paolo Guerrero imposta pela FIFA vai até o dia 3 de novembro de 2018. Antes disso, em agosto, o vínculo entre o atacante e o Flamengo chegará ao fim. Caso a defesa não consiga reduzir a pena, o camisa 9 pode não jogar mais pelo Rubro-Negro. 

A última partida do atacante pelo clube foi no dia 19 de outubro, na goleada por 4 a 1 sobre o Bahia, onde inclusive, o camisa 9 deixou o campo de jogo lesionado. O Flamengo ainda não se posicionou sobre a punição e está estudando o caso. 

Pelo clube carioca, Guerrero já disputou 108 partidas e marcou 42 gols. Em 2017, foram 45 aparições, com 20 bolas na rede. Mesmo ficando um bom tempo de fora, o atleta de 33 anos é o artilheiro do time na temporada, seguido pelo meia Diego, que tem 17.