| Futebol

Depois de seis rodadas no segundo turno, Fla repete mau início do primeiro

Time obtém apenas seis pontos em seis jogos, um a mais do que na sequência inicial do Brasileiro, quando foi comandado por Jayme de Almeida e, depois, Ney Franco

Luxemburgo Flamengo treino (Foto: Cahê Mota)Vanderlei Luxemburgo no treino do Flamengo (Foto: Cahê Mota)

Quando estava em seu melhor momento com o Flamengo neste ano, o técnico Vanderlei Luxemburgo declarou que a sequência inicial da tabela do Campeonato Brasileiro era a sua maior preocupação com relação ao rendimento do time. Ele tinha razão. A queda foi brusca na virada do turno, e o time se aproximou da zona de rebaixamento mais uma vez. Com 31 pontos, na 12ª colocação, o Rubro-Negro tem apenas seis de vantagem para o Palmeiras, que abre o grupo dos quatro últimos.

Nos seis jogos iniciais do primeiro turno, o Flamengo conquistou apenas cinco pontos, vencendo uma vez e empatou outras duas. Agora, depois das seis primeiras rodadas do segundo turno, o time somou seis pontos, com uma vitória e três empates.

Com a derrota para o Bahia, por exemplo, o time engrenou quatro jogos sem vitória. No primeiro turno, essa série ainda era de três no mesmo período, depois da vitória sobre o Palmeiras, no Maracanã, a única sob o comando de Jayme de Almeida no Brasileiro em quatro partidas. Ney Franco, que assumiu em seguida, passou pelo clube sem conseguir vencer um jogo sequer em sete disputados.

Tendência é poupar jogadores na Copa do Brasil

Os resultados fizeram o Flamengo cair na tabela e despertar preocupações, como poupar jogadores, o que aconteceu quando enfrentou o Coritiba nos jogos de ida e volta das oitavas de final da Copa do Brasil. Nesta quarta-feira, o confronto será com o América-RN, em Natal, pelas  quartas de final da competição, e o procedimento deve se repetir.

saiba mais
  •  Fla tem queda de aproveitamento, mas mantém gordura para "confusão"
  • Com números a favor, Cáceres e Alecsandro reforçam o Fla em Natal

Vanderlei tem consciência de que o número de jogadores para as duas competições simultâneas é pequeno. Sem Cáceres, por exemplo, o time pena defensivamente. O paraguaio não atuou na derrota para o Bahia, por estar suspenso, e se junta ao grupo em Natal. Como será convocado para amistosos do Paraguai, não será poupado. Alecsandro, que também cumpriu suspensão no domingo, joga em Natal.

Depois do confronto com o América-RN, o Flamengo volta ao Rio e terá apenas dois dias de descanso antes de enfrentar o Santos, sábado, no Maracanã. O confronto ainda faz parte da sequência mais preocupante que termina apenas na 31ª rodada, quando o Fla enfrentará o Botafogo, contra o qual Luxemburgo estreou no primeiro turno, com vitória por 1 a 0.

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.