| Futebol

Depois de um primeiro semestre complicado, Flamengo volta a sorrir e sonha com título

flameng - Depois de um primeiro semestre complicado, Flamengo volta a sorrir e sonha com título

No Ninho do Urubu o clima anda muito mais leve do que costumava ser nos últimos meses. Isso porque o Flamengo reencontrou a boa fase depois de um primeiro semestre desastroso.

 

O ano do Rubro-Negro chegou recheado de expectativas, com técnico de peso e reforços, a diretoria e os torcedores apostavam em sorrisos. Mas não foi bem assim que as coisas aconteceram.

 

Derrotas e eliminações deixaram o ambiente pesado, o desgaste tomou conta do discurso e todo o planejamento para os seis primeiros meses foram por água abaixo.

 

O clima estava tão ruim que o zagueiro Wallace deixou o clube alegando ter sido ameaçado por torcedores. César Martins chegou a ser agredido por um grupo de torcida organizada.

 


(Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)

 

O semblante dos atletas era sério, sem técnico os dirigentes procuravam também por gerente de futebol e ouviam não de diversas pessoas consultadas para o cargo.

 

Mas as coisas começaram a mudar assim que Zé Ricardo assumiu de forma interina o comando da equipe. Aos poucos o treinador foi passando confiança aos jogadores que foram assimilando as suas ideias.

 


(Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)

 

E mesmo sem ser brilhante em campo o Flamengo começou a ganhar os jogos. Com mais tempo e mais trabalho a equipe foi evoluindo e recuperando a auto-estima.

 

A diretoria não desistiu das contratações e trouxe reforços de renome como Leandro Damião, Donatti e Diego que ainda nem estrearam com a camisa rubro-negra.

 

O gerente de futebol também foi encontrado, Mozer assumiu o cargo e de forma silenciosa vem fazendo bem o seu trabalho. Ele é o responsável pelo elo entre a diretoria e os jogadores do elenco.

 


(Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)

 

Agora, o clima é completamente diferente. Na briga pelo G4, os torcedores já falam em título e os jogadores não escondem que esse é o objetivo. 

 

Recentemente Paolo Guerrero afirmou que o Flamengo briga pela taça e que o grupo está bastante unido e focado para conquistar os objetivos.

 

 

Inclusive a fase do próprio peruano mudou, com três gols e duas assistências em cinco jogos o camisa 9 tem tido belas atuações também taticamente falando.

 

Até mesmo sem o Maracanã, o Rubro-Negro encontrou uma nova casa, menor mais bastante aconchegante e que foi fundamental na vitória sobre o Inter e sobre o América-MG no último final de semana. Trata-se do Estádio Kleber Andrade, em Cariacica, no ES.

 


(Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)

 

Tudo extremamente favorável para que depois de quatro anos a equipe volte realmente a brigar pelo topo da tabela e termine o ano dando alegrias ao torcedor que já sofreu bastante.

 

Na próxima rodada, Pará terá mais uma chance de mostrar que pode ser o titular da equipe mesmo após o retorno de Rodinei. O Flamengo encara o Coritiba no domingo (31), no Couto Pereira, em Curitiba. A partida será válida pela décima sétima rodada do Brasileirão.

Fonte: https://esportes.yahoo.com/noticias/depois-um-primeiro-semestre-complicado-170113398.html

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.