Destaque na final do OPG, Matheus Sávio deixa promoção com Zé Ricardo

Destaque na final do OPG, Matheus Sávio deixa promoção com Zé Ricardo

Matheus Sávio não fez gol nem deu assistência na vitória do Flamengo por 3 a 1 sobre o Vasco, na sexta-feira, que garantiu o título rubro-negro no Torneio Octávio Pinto Guimarães sub-20. Mas o camisa 10 foi o destaque da partida, com jogadas em velocidade, dribles e passes. 

A atuação, porém, não aumentou a expectativa do garoto em ser promovido para os profissionais em 2017. Cauteloso, Matheus evitou projetar o próximo ano e deixou seu futuro nas mãos de um velho conhecido: o técnico Zé Ricardo, seu antigo comandante no sub-20. 

- Fica a critério do Zé Ricardo. Ele acompanha bem a base e sabe o momento certo. Fizemos nosso papel, fomos campeões. Fica esse gostinho de querer estar no profissional. Quando a gente escolhe nossa profissão, quer sempre estar no topo. Não posso parar de trabalhar. A oportunidade vai vir no momento certo – disse o jogador. 

Matheus Sávio participou de dois gols do Flamengo. No primeiro, cobrou falta que Paulinho não segurou, e Daniel aproveitou o rebote para abrir o placar. No fim da partida, o camisa 10 fez ótima jogada pela direita e tocou de calcanhar para Gabriel Ramos servir Daniel. 

- Ganhar do Vasco aqui é uma rivalidade muito grande. Nós viemos sabendo da vantagem que tínhamos (vitória por 1 a 0 no jogo de ida). Fomos cirúrgicos. 

Matheus Sávio tem 19 anos e participou do título do Flamengo na Copa São Paulo de Futebol Junior no início do ano. Pelo profissional rubro-negro, soma seis jogos e dois gols, todos em 2015.