Diego Alves volta ao Fla para baixar poeira, mas Rueda deve apostar em Thiago para final

Diego Alves volta ao Fla para baixar poeira, mas Rueda deve apostar em Thiago para final

A barração de Alex Roberto do gol do Flamengo soou no clube como uma forma do técnico Reinaldo Rueda aliviar a pressão externa sobre o time no primeiro jogo da final da Copa do Brasil. Thiago foi avisado na véspera que jogaria contra o Cruzeiro, mesmo com Alex sem demonstrar abatimento aparente pelas críticas recentes. Integrantes da diretoria, no entanto, alegam que o abalo psicológico aconteceu e influenciou no desempenho técnico.

A estratégia para a segunda partida da decisão é seguir dando moral para o jovem de 21 anos. Thiago também tem a seu favor a habilidade nos pênaltis e maior frieza. Tanto que depois da falha no Maracanã saiu aos microfones para assumir o erro e seguir enfrente. Enquanto isso, Alex conversava com assessores no corredor do estádio com semblante desconfortável.

Para os próximos jogos, a comissão técnica deve voltar com Diego Alves no jogo com o Botafogo e pela Sul-Americana. Depois, nas partidas contra Sport e Avaí, de novo pelo Brasileiro, vai priorizar o goleiro que deve jogar contra o Cruzeiro no dia 27, provavelmente Thiago.