• BICAMPEÃO DA LIBERTADORES
  • HEPTACAMPEÃO BRASILEIRO

Diego retorna ao time titular, tem boa atuação e pode dar ‘dor de cabeça’ a Ceni

O Flamengo, enfim, chegou a sua primeira vitória no ano de 2021. Com uma atuação segura e sofrendo poucos sustos, o Rubro-Negro bateu o Goiás por 3 a 0, com gols de Arrascaeta, Gabigol e Pedro. Apesar de não ter balançado as redes, um dos destaques da partida foi o meia Diego Ribas. Aproveitando a brecha deixada pela ausência de Gerson, que cumpriu suspensão, o camisa 10 comandou o meio-campo, deu assistência e também teve bom aproveitamento nos passes.

Escalado como titular pela primeira vez desde a chegada de Rogério Ceni, Diego formou dupla com Arão, participando não só dos momentos de construção, mas também na defesa. Prova disso é que, durante os 90 minutos em que atuou, o capitão impediu duas finalizações do Goiás, além de realizar um corte e um desarme, segundo dados do Sofascore.

Vale lembrar que, anteriormente, o atleta já havia ficado atrás do jovem João Gomes na disputa por uma vaga no meio de campo. Gomes, aliás, também foi acionado por Ceni durante o duelo frente a equipe goiana: entrando aos 33 minutos do segundo tempo, o garoto do Ninho teve 93% de aproveitamento nos passes – ao todo, 12 foram realizados.

Para a próxima partida, Rogério Ceni deve ter a ‘boa dor de cabeça’. Isso porque, Gerson, que é titular absoluto desde que chegou ao Flamengo, estará novamente à disposição. No jogo em questão, o Fla encara o Palmeiras, no Mané Garrincha, em confronto direto da parte de cima da tabela. Atualmente, o Mais Querido tem 52 pontos e ocupa a quarta posição, enquanto o rival paulista é o quinto, com um ponto a menos. O clássico está marcado para as 19h da quinta-feira (21), no estádio Mané Garrincha.

Publicado em colunadofla.com.