| Futebol

Diego segue sem previsão de estreia pelo Fla; fisiologista vê "fase positiva"

Daniel Gonçalves não coloca prazo, mas diz que principal reforço do Flamengo está evoluindo e deve estrear quando puder participar de maneira integral

flameng - Diego segue sem previsão de estreia pelo Fla; fisiologista vê "fase positiva"

O Flamengo ainda não sabe quando poderá contar com o principal reforço para a temporada. Diego segue treinando no Ninho do Urubu, mas não há previsão para estrear. De acordo com o fisiologista do clube, Daniel Gonçalves, o meia está evoluindo, mas só deve jogar quando puder participar integralmente.

– A gente não trabalha com previsão, é uma norma do clube, mas pode dar um feedback à torcida que ele (Diego) se encontra em uma fase positiva, evolutiva. Tem feito os trabalhos de maneira adequada e a gente acredita que ele será utilizado o quanto antes. A gente tem visto que ele tem se demonstrado bem satisfatoriamente em termos de desempenho – disse Daniel.

– São situações que temos que analisar. Não somente duração (tempo em campo), mas também intensidade, qualidade do jogo, tipo de grama, deslocamento... Claro que qualquer atleta profissional teria condições de fazer o mínimo de tempo, mas a gente tem a expectativa de ver o Diego iniciando o jogo. O planejamento é para que ele inicie as partidas e, aí sim, ter ele de maneira integral – completou.

Após o treino desta sexta-feira, o fisiologista também falou sobre as condições dos demais atletas do Rubro-Negro que estão entregues ao departamento médico:

JORGE 
– Ele está evoluindo bem. Fez um trabalho de transição e agora vamos sentar com a comissão técnica, avaliar o quadro dele para definir os relacionados das partidas.

RODINEI
– Não foi uma lesão incapacitante de membros inferiores, foi de membro superior. O que impossibilitava (de jogar) era a queda, então toda preocupação que teria com quedas já não tem mais. Ele fez todos os trabalhos de campo durante a semana. Quanto à parte física, ele vinha desenvolvendo. É um atleta que está entregue ao Zé Ricardo de maneira integral.

CIRINO
– Ele relatou uma mialgia no meio do jogo, não teve possibilidade de seguir na partida (contra o Santos). Nosso médico disse que não houve lesão, foi uma fadiga muscular. Então tem que recuperá-lo, não adianta forçar uma situação, já que essa mialgia está o incapacitando.

JUAN
– Também está se desenvolvendo, em trabalhos iniciais de transição. Ainda não está trabalhando no campo. A gente não trabalha com uma data, uma previsão, justamente porque a gente tenta sempre abreviar esse tempo de recuperação, então passa por avaliação a cada sessão de treino. O que a gente pode falar é que ele está se recuperando dentro daquilo que a gente considera adequado.

EDERSON
– O Ederson teve uma lesão óssea. Está evoluindo, já iniciou alguns trabalhos de menor intensidade no campo, mas ainda requer uma regressão deste edema e, consequentemente, toda uma readaptação, então não há um prazo definido para a sua utilização.

*Colaborou sob supervisão de Bruno Rocha

Fonte: http://globoesporte.globo.com/futebol/times/flamengo/noticia/2016/08/diego-segue-sem-previsao-de-estreia-pelo-fla-fisiologista-ve-fase-positiva.html

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.