"Parabéns ao Palmeiras, como disse, ninguém é campeão por acaso. Estamos com a consciência tranquila de que fizemos o melhor. Não foi dessa vez, mas nossa hora vai chegar. Temos de continuar trabalhando. Precisamos apenas de reajustes para fazer diferença. Sabemos que estamos num patamar elevado, mas para buscar títulos e objetivos são pequenas atitudes que faltam. O Zé está mais preparado do que eu para alertar. Nós podemos sonhar alto em 2017", disse o camisa 35, em entrevista ao ​Lance!

Autor de seis gols em 18 jogos com a camisa do Flamengo, Diego fez sua última partida na temporada neste domingo. Ao subir a escada que dá acesso à torcida para comemorar seu gol, o meia levou o terceiro cartão amarelo e está suspenso para o duelo contra o Atlético-PR, na última rodada. Apesar disso, o jogador saiu de campo empolgado e feliz com o resultado.

"Cheirinho de Flamengo é eterno e especial. Toda sinceridade e orgulho de vestir essa camisa. Sem dúvida serão outros aromas no futuro, porque jogar nesse clube é realmente diferente. O cheirinho não acaba", concluiu.