| Futebol

DIFÍCIL É, MAS ...

ISSO AQUI É FLAMENGO !

 É difícil? PRA CACETE! É impossível? NÃO! Simples assim!

Vai com os reservas? Vai, e daí? Se o elenco do Flamengo tem trinta e tantos jogadores, todos devem estar preparados para enfrentar qualquer situação. Mas isso diminui, drasticamente, nossas chances de reverter a situação? Inegavelmente sim!

Opção 1: Luxemburgo está falando a verdade, quando diz que sua única missão é nos salvar do rebaixamento e está acintosamente abdicando da Copa do Brasil.

Opção 2: Luxemburgo é FODA e esse time de hoje vai JOGAR PRA CACETE.

Opção 3: Luxa tá dando um TREMENDO “Migué” e vai entrar com o que tem de melhor.

Seja qual for a sua opção aí de cima, deixo uma outra pergunta: Dá pra não confiar no taco do cara, com esse percentual de aproveitamento até agora?

Não deu? Que pena! Mas ano passado deu. Vou ficar reclamando?

Não chego a ser tão pretensioso a ponto de achar, que, em um período de reconstrução e com elencos tão distantes dos nossos sonhos, ser TETRA-BI seria possível. Só NÃO ADMITO cair. E, como já sabíamos, NÃO VAMOS cair.

Se são necessários 45 pontos e já chegamos a 25, faltando 20 partidas, basta-nos agora apenas um percentual de aproveitamento digno de Ney Franco para afastar definitivamente qualquer possibilidade. Se quando Luxa chegou precisávamos de 50% dos pontos que disputaríamos, basta-nos agora 33%, ou um ponto por rodada. E é aí que surge a dúvida com a opção do Luxa.

Se em relação a rebaixamento já alcançamos uma pontuação relativamente tranquila e a Comissão Técnica chegou a conclusão que os titulares devem ser poupados, por que não inverter a ordem? Por que não escalar os titulares hoje e poupá-los contra o Grêmio? Por que deixar de fora dois titulares importantes que não vão poder atuar no sábado?

Minhas dúvidas, muito possivelmente, são exatamente as mesmas que as de vocês. O que não tenho dúvida é de que eles vêm fechadinhos, e VÃO continuar assim, mesmo sofrendo um ou dois gols. E é exatamente isso o que me anima para esse jogo. Ao contrário das últimas partidas, nossa equipe não vai estar jogando apenas por uma bola, fechadinha atrás e explorando contra-ataques, como time limitado.

Seja qual for a equipe que o Luxa resolva escalar, a certeza é que vamos jogar pra frente, em cima, buscando no mínimo 3. E se há algo que me dá enorme prazer, é ver meu time jogar assim. Sonhar se torna inevitável.

Quem sabe esse Elton não resolve já chegar herói? Quem sabe o Mugni não faz um jogo, como naquele 2º tempo contra o Palmeiras? Quem sabe o Eduardo mantém o faro? Quem sabe o Luiz Antonio resolve jogar como no final do ano passado? Quem sabe algumas faltinhas na entrada da área não acabam consagrando o Chicão? Quem sabe não é dia de Negueba, Gabriel, Nixon, Arthur ou qualquer outro?

Hoje em dia, não temos um ídolo em especial. A maioria de nós gosta deste ou daquele jogador, sem que haja uma unanimidade. Hoje em dia torcemos apenas pela camisa, pela segunda pele, pelo Manto Sagrado.

E como ele vai estar em campo hoje, mesmo que vestido por reservas, vamos dar um crédito de confiança. Para quem entrar e no treinador. Flamengo precisando da vitória e reservas querendo mostrar serviço podem acabar resultando em uma combinação perfeita para chegarmos no que parece distante. Não seria a primeira vez que surpreenderíamos os descrentes, não é mesmo? E nem faz tanto tempo assim.  

 

PRA CIMA DELES, MENGÃO !!!


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.