| Futebol

Diretor celebra Flamengo no mercado dos EUA e duelo com Wolfsburg

Marcelo Frazão afirma que participação do Fla em apenas duas partidas não se deve apenas ao calendário, mas também à possibilidade de enfrentar um clube europeu

flameng - Diretor celebra Flamengo no mercado dos EUA e duelo com Wolfsburg

O Flamengo é uma das novidades da Florida Cup 2017, torneio de pré-temporada que será disputado em janeiro próximo. Mas está fora da principal novidade do evento, o "Playoff Win or Go Home", que apontará um campeão em inédita decisão. O Rubro-Negro está inserido no "Challenge Clash of Nations" (desafio de nações), onde, ao lado do Atlético-MG, tentará dar o título ao Brasil contra dois alemães (Wolfsburg e Bayer Leverkusen) e o americano Tampa Bay Rowdies, que ainda convidará outro clube para representar a equipe dos EUA.

Esse desafio de nações é realizado na primeira semana da Florida Cup, entre 7 e 15 de janeiro. O CEO da competição, Marcelo Villar, disse que a distribuição dos clubes nas respectivas fases teve a ver com calendário. Diretor de novos negócios do Flamengo, Marcelo Frazão, concordou em parte. Disse, sim, que havia um conflito de datas em relação à rodada inicial da Primeira Liga, porém destacou como prioridade rubro-negra o fato de poder enfrentar um europeu, algo que Corinthians, Vasco, São Paulo e Internacional não terão oportunidade no "Playoff".

Com seis brasileiros, Torneio da Flórida anuncia edição de 2017 nesta quinta

- Mais do que calendário, existia quase que uma condicionante de que disputar o Florida Cup seria com objetivo de enfrentar times internacionais, não brasileiros. Uma das premissas dessa negociação era justamente buscar plataforma para ter essa oportunidade de jogar contra um grande time europeu, que vai ser o Wolfsburg. Hoje no ranking da Uefa está em posição hiperinteressante, acima do Milan por exemplo. Eles renovaram o elenco, contrataram o Mario Gomes, o Diego já jogou nesse time. A nossa intenção era essa: ter jogos contra times internacionais, não necessariamente os confrontos nacionais, que já acontecem aqui durante o ano. O segundo jogo vai ter ou um time americano ou convidado de outro país, que atende preceito técnico de ter dois jogos internacionais. Além disso, tem a data da Primeira Liga - disse.

Convidado para disputar a Florida Cup em outras oportunidades, o Rubro-Negro vê sua primeira participação no torneio como uma oportunidade de ingressar num mercado classificado como "inacreditável" por Marcelo Frazão. Além disso, a forte presença de brasileiros na região é outro atrativo. Apesar disso, o diretor crê que a inclusão na competição amistosa trata-se apenas do início da afirmação da marca Flamengo nos Estados Unidos.

- Você tem um ponto turístico inacreditável, principal destino turístico de brasileiros da época de férias, o que ajuda. Tem oportunidade pontual do período do torneio, com exposição da marca, para venda de camisas. A Adidas participa muito com a gente neste aspecto. Agora, uma real internacionalização, que é um processo maior em relação ao mercado americano, não dependeria só da competição, mas de plataforma maior. Mas acho que é a primeira etapa, primeiro passo. A gente acompanhou muito as experiências de outros clubes na Florida Cup, então, a gente entende que é o primeiro passo para esse mercado americano que é incrível, em especial numa região com muitos brasileiros e latinos - encerrou.


Fonte: http://globoesporte.globo.com/futebol/times/flamengo/noticia/2016/09/diretor-celebra-flamengo-no-mercado-dos-eua-e-duelo-com-wolfsburg.html

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.