• BICAMPEÃO DA LIBERTADORES
  • HEPTACAMPEÃO BRASILEIRO

Diretoria do Flamengo não almoça com delegação após derrota contra Del Valle; Braz é exceção

O clima dentro do Flamengo não está dos melhores. Depois da derrota por 5 a 0 pelo Independiente Del Valle, os dirigentes do Fla não almoçaram junto ao resto da delegação. A única exceção foi o vice-presidente de futebol, Marcos Braz. Segundo informações divulgadas pelo UOL, no almoço, já em Guayaquil, cidade onde o Flamengo disputa a próxima partida contra o Barcelona SC, Braz chegou a sentar com o técnico Domènec Torrent.

O principal motivo apurado pelo UOL para o presidente Rodolfo Landim, o vice-presidente de relações externas Luiz Eduardo Baptista (Bap), o vice-presidente de marketing e comunicação Gustavo Oliveira, o vice-presidente jurídico e geral Rodrigo Dunshee e os membros do Conselho de Futebol Dekko Roisman e Diogo Lemos não terem participado da refeição junto ao resto do time foi insatisfação com o resultado da última partida.

Além disso, o discurso de Domènec após a derrota também foi insatisfatório para a diretoria. O tom de conformismo, ainda de acordo com o UOL, pode ter sido desagradável aos membros da cúpula. O técnico vive um momento conturbado dentro do clube, mas Marcos Braz afirmou ao jornal O Globo que caso Dome seja demitido, ele sairá junto.

O Flamengo volta aos campos na próxima terça-feira (22) sob pressão. Além de vir de um resultado ruim, estará sem Gustavo Henrique, que foi expulso no último minuto de jogo. A partida será contra o Barcelona SC, no estádio Estádio Monumental Isidro Romero Carbo, às 19h 15 (horário de Brasília).

 

Publicado em colunadofla.com.