• BICAMPEÃO DA LIBERTADORES
  • HEPTACAMPEÃO BRASILEIRO

Dirigente admite desejo por manter filosofia e fala de ‘casamento’ de ideias entre Domènec e Flamengo

O Flamengo ganhou muitos títulos entre os anos de 2019 e início de 2020. Ao todo, foram sete conquistas, considerando torneio amistoso, regionais, nacionais e internacionais: Flórida Cup, Campeonato Carioca (2019 e 2020), Supercopa do Brasil, Campeonato Brasileiro, Libertadores da América e Recopa Sul-Americana. A maioria dos títulos foi triunfado com um futebol vistoso e ofensivo, sob o comando de Jorge Jesus, e a ideia é permanecer neste rumo.

 

Jorge Jesus aceitou a proposta do Benfica, de Portugal e deixou o Flamengo. Desde então, o Rubro-Negro passou a monitorar diversos treinadores. O intuito? Manter a filosofia ofensiva empregada pelo agora técnico benfiquista. Domènec Torrent, ex-New York City, dos Estados Unidos, foi o escolhido. Bruno Spindel, diretor-executivo do Fla, garantiu que a filosofia e as ideias de “Dome“, como gosta de ser chamado, foram fundamentais para que ele fosse escolhido.

É filosofia, primeiro intuito é manter a filosofia de futebol ofensivo e agressivo, isso está no DNA dele. A carreira do Dome, os pensamentos, as ideias, e o que ele fez ao longo da carreira são totalmente alinhados com este pensamento com o Flamengo. É o futebol que a gente joga, que já apresentamos, que foi construído ao longo do tempo e temos total confiança no elenco, na qualidade, na dedicação, no comprometimento, que eles entregaram e conquistaram. Temos total confiança que vamos seguir neste rumo -, disse o dirigente.

Entre os torcedores do Flamengo, que não conhecem o trabalho de Domènec Torrent, existe a preocupação de que tudo que fora implementado durante a “era Jorge Jesus” seja desfeito. Porém, essa não é a tendência. Bruno Spindel afirmou que o novo treinador deve dar sequência às ideias do ex-técnico do Fla, mas tentará aperfeiçoar, no intuito de evoluir ainda mais o desempenho rubro-negro.

Ele já deu entrevista ali na saída. Ele entende tudo que foi feito, respeita, sabe que é difícil conquistar o que foi conquistado e que não não temos muito tempo para trabalhar. A ideia é respeitar e manter o que está sendo feito e pouco a pouco colocar algumas ideias dele, que ele entende que vão agregar valor e vão fazer o Flamengo evoluir ainda mais, que é isso que a gente busca. Não pode ficar parado, tem que o tempo todo ficar evoluindo para continuar na luta por títulos -, encerrou.

Publicado em colunadofla.com.