O fato, no entanto, é que mudanças na estrutura do departamento de futebol podem acontecer seja qual for o resultado. Segundo o ​globoesporte.com, Rodrigo Caetano deve permanecer, mas Mozer pode estar de saída da gerência de futebol.

E para o lugar do ídolo, já existe um nome cotado: Alessandro Nunes. Revelado pelo Fla, o dirigente do Corinthians não deve permanecer no Parque São Jorge caso Andrés Sanchez seja eleito presidente. 

​​