"Não vamos estabelecer uma reunião específica para isso. É um jogador que tem contrato com o Flamengo. Se houver a extensão, vocês vão saber. Estamos muito alinhados com o representante dele. O Bruno Paiva sempre soube da nossa intenção de renovar. Sabe que nas próximas semanas a gente deve se encontrar, mas não com data para iniciar e nem para terminar a negociação. É justamente procurar evoluir e mostrar o interesse do Flamengo que ele permaneça mais tempo. E o Bruno sabe muito bem. Vamos ver como as coisas vão caminhar", afirmou o diretor-executivo do clube, Rodrigo Caetano, em entrevista ao ​globoesporte.com.

O Flamengo e o atacante ainda vivem a expectativa de conseguir a absolvição de Guerrero em julgamento que deve acontecer em abril na Corte Arbitral do Esporte (CAS). Caso isso não aconteça, o peruano estará disponível para atuar no dia 6 de maio, contra o Internacional, pelo Campeonato Brasileiro. O contrato do camisa 9 com o clube é válido até 10 de agosto deste ano.

(Foto de capa: Gilvan de Souza/Flamengo)