| Futebol

Do flerte ao casório: emojis contam como Fla e Diego se apaixonaram

Mostramos com carinhas, no tom que marcou o desfecho da negociação, a história do antigo caso de amor que virou conquista e ganhou seu final feliz no Rubro-Negro

flameng - Do flerte ao casório: emojis contam como Fla e Diego se apaixonaram

Carinha para cá, carinha para lá, e sorrisos para todos os lados no fim. O desfecho da contratação de Diego pelo Flamengo teve humor e surfou a onda da linguagem das redes sociais. Clube e jogador usaram emojis para atiçar e atrair a atenção dos rubro-negros. Deu certo. Eufóricos e cheios de expectativa, os torcedores curtiram a ação e entraram no clima. Mas sorrisinhos não bastam para contar os principais capítulos dessa novela. O GloboEsporte.com usa o mesmo tom para narrar os momentos mais marcantes de uma história cheia de emoção e que acaba de virar casamento.    

Um caso antigo, que teve seu primeiro flerte em 2012. Ainda na gestão de Patricia Amorim, o Flamengo tentou seduzir Diego. E até conseguiu. O problema foi que o Wolfsburg, clube dele na época, atrapalhou o romance.  


O tempo passou. Uma nova administração assumiu o clube em 2013, mas o interesse no jogador não se perdeu. Só que eles nunca se encontravam. Nesse tempo, Diego passou pelo Atlético de Madrid e Fenerbahçe, e o Flamengo apostou em outros nomes, como Carlos Eduardo e Mugni.  

Mas o amor estava apenas adormecido. Em silêncio, o Flamengo decidiu fazer nova investida. Galanteador, procurou o pai e empresário de Diego, Djair Ribas, para uma nova cantada: “Está rolando um namoro”, disse o futuro "sogrão".  


Não seria uma conquista fácil. Na Turquia, uma grave crise política e militar ameaçava atrapalhar os planos do Flamengo. De férias no Brasil, o jogador não viajou para Istambul. O advogado dele embarcou com a missão de resolver os detalhes burocráticos para separar Diego do Fenerbahçe e deixá-lo mais próximo da Gávea. 


Cauteloso, mas confiante, o Flamengo preparou o contrato de Diego à espera de um desfecho. A proximidade do fechamento da janela de transferência da Europa para o Brasil deu contornos de suspense para a novela. 


Até o fuso horário virou um problema. O clima de indefinição se estabeleceu. Na véspera do fechamento da janela, ainda havia o risco de a contratação melar. Paciente, Diego tratou de acalmar os corações rubro-negros com trilha sonora. No Twitter, após longa reunião com o pai em Ribeirão Preto, Diego postou o trecho de uma música da banda santista Charlie Brown Jr.: “Vamos viver nossos sonhos, temos tão pouco tempo...” – escreveu ele algumas horas antes de mudar complemente a imagem de seu perfil no Twitter, tirando todas referências ao Fenerbahçe. 


Na véspera do anúncio do acerto com o Flamengo, Diego começou a mandar sinais. Começou a seguir o perfil oficial do Flamengo no Twitter e causou euforia nos rubro-negros.   


O Flamengo respondeu na manhã desta terça-feira com um sorrisinho maroto. Pouco depois, a rescisão do contrato de Diego foi anunciada pelo Fener.  


No meio da tarde, o final feliz. O Flamengo anunciou o início do casamento com Diego. Agora, união oficial.  


Conquistador, Diego fez um agrado ao novo amor e aos seus milhões de cupidos-torcedores. O meia escreveu um texto com doces palavras: “Vim por vocês”.   

Fonte: http://globoesporte.globo.com/futebol/times/flamengo/noticia/2016/07/do-flerte-ao-casorio-emojis-contam-como-fla-e-diego-se-apaixonaram.html

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.