| Futebol

Do treino à prática: Fla testa nova formação visando volta do Brasileiro

Após 14 dias de treino, entre Atibaia e Rio, Rubro-Negro enfrenta Tupi-MG em jogo-treino para ver, nas palavras de Ney Franco, "o que dá certo ou errado" no 3-5-2

Ney Franco Treino Flamengo (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)Ney Franco analisará Fla em jogo-treino (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)

O discurso é de que a preparação visa a retomada do Brasileirão. Porém, é justamente por este objetivo, que o jogo-treino deste domingo, às 10h (de Brasília), no Ninho do Urubu, contra o Tupi-MG, é mais importante do que um simples jogo-treino de pré-temporada ou intertemporada ao Flamengo. Trata-se de colocar em prática o que foi planejado por Ney Franco e ensaiado pelos jogadores: um inédito 3-5-2 com nova escalação. Tudo para fugir da zona do rebaixamento a começar pelo confronto com o Atlético-PR, em 16 de julho, na cidade de Macaé.  

Foram 14 dias de treinos, iniciando em Atibaia, no interior de São Paulo, e complementados no Rio. Após priorizar o condicionamento físico, com a recuperação de quatro jogadores machucados (Léo, Nixo, Everton e Alecsandro), Ney tratou de ajeitar o time – Hernane não conseguiu estar 100% após problema no tornozelo direito. Apostou na solidez defensiva, afinal, a equipe tem a segunda pior defesa da competição, com 13 gols sofridos em nove partidas, um dos motivos da indigesta 19ª colocação, com sete pontos. Para compensar, deu liberdade aos alas Léo Moura e André Santos. Mas a grande aposta é a mudança de postura.  

- Vamos colocar em prática o que a gente treinou. Ver o que dá certo e o que dá errado para que a equipe possa evoluir. Tudo passa pelos jogadores, que não deixaram o ritmo cair. Os atletas tiveram empenho e comprometimento. É isso que vai fazer a diferença na hora de competir – analisa Ney Franco.  

Além de Hernane, outros dois jogadores restados como titulares estão fora: o goleiro Felipe, com fratura nas costelas, e o volante Cáceres, com fratura na mão esquerda. Paulo Victor e Recife, respectivamente, serão testados, portanto.  

- Gostaria que todos os atletas estivessem no mesmo nível físico, mas tivemos dois imprevistos. Vamos aproveitar para fazer observações. É o que o período de recesso nos proporciona – completa o comandante.  

A escalação, portanto, será: Paulo Victor; Wallace, Chicão e Samir; Léo Moura, Recife, Elano, Everton e André Santos; Paulinho e Alecsandro. Depois deste domingo, o Flamengo deve fazer outros dois jogos-treino. Os últimos momentos para retomar o Brasileirão.

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.