Dourado agradece companheiros e espera maior entrosamento no Fla

Dourado agradece companheiros e espera maior entrosamento no Fla

Henrique Dourado chegou ao Flamengo com a fama de um exímio cobrador de pênaltis. Na primeira oportunidade que teve, o Ceifador mostrou a categoria de sempre e converteu a penalidade diante do Madureira, na vitória por 4 a 0.

Após o jogo no Nilton Santos, o camisa 19 admitiu que ainda fica nervoso ao cobrar um pênalti, mas agradeceu a confiança passada pelos companheiros.

- Acho que a ansiedade tem em todas as cobranças. Procuro trabalhar no dia a dia para ter o mínimo de erro. Aqui no Flamengo temos ótimos cobradores também, como o Diego. Ele ainda falou para que eu batesse. Fico muito feliz. Glorifico a Deus por isso e agradeço também a todos os meus companheiros.

Artilheiro do Brasil em 2017 pelo Fluminense, com 32 gols sendo 11 de pênalti, Henrique Dourado chegou ao Flamengo no início de fevereiro. São três jogos do centroavante pelo Rubro-Negro, todos como titular no Estadual, e dois gols marcados. O início é animador, mas o Ceifador espera evoluir na medida em que ganha maior entrosamento com Diego, Éverton Ribeiro, Paquetá & Cia.

- Espero que possa conhecê-los ainda mais. É o terceiro jogo apenas. Temos tudo para evoluir e quero continuar sempre ajudando - analisou o Ceifador.

O elenco do Flamengo se reapresentou nesta quinta-feira no Ninho do Urubu. Já no sábado, o Rubro-Negro volta a campo no sábado, contra o Fluminense, pelo Campeonato Carioca. Henrique Dourado será um dos titulares que não será relacionado por Carpegiani para o clássico. A decisão foi visando o jogo decisivo da próxima quarta, na estreia da Libertadores, contra o River Plate.