• BICAMPEÃO DA LIBERTADORES
  • HEPTACAMPEÃO BRASILEIRO

Duelo de extremos: contra a defesa de Abel Ferreira, Fla de Ceni tenta emplacar no ataque para vencer a Supercopa

Após vencer o Madureira por 5 a 1, o Flamengo tornou todas as suas atenções para a Supercopa do Brasil. O primeiro desafio valendo título da temporada acontecerá neste domingo (11), contra o Palmeiras, grande rival dos últimos anos. Assim, o Mais Querido, comandado por Rogério Ceni precisa emplacar no ataque, ponto forte da equipe. Por outro lado, o Alviverde de Abel Ferreira dá mais ênfase à defesa e pode se aproveitar dos contra-ataques.

Vale destacar que, nas estatísticas, também fica claro que este é um duelo de extremos. As duas equipes, certamente, são as mais vitoriosas dos últimos cinco anos no futebol brasileiro, mas já passaram por diversas rupturas técnicas. Curiosamente, as equipes inverteram a ordem dos treinadores (brasileiro e português) e, mesmo assim, conseguiram garantir os canecos. No entanto, as características dizem muito sobre as propostas de jogo de Fla e Palmeiras.

CONFIRA ESTATÍSTICAS DO FLAMENGO (CENI) E PALMEIRAS (ABEL FERREIRA):

Ceni:
30 jogos
63% de aproveitamento
2 gols por jogo
17 finalizações por jogo

Abel:
41 jogos
61% de aproveitamento
0,7 gols sofridos por jogo
15,5 finalizações para sofrer um gol

Além disso, a equipe paulista precisa superar um tabu que já dura mais de três anos. Isso porque, a última vitória do Palmeiras sobre o Flamengo foi pelo Brasileirão de 2017, quando o Alviverde venceu por 2 a 0, no Allianz Parque. Vale destacar, também, que os dois técnicos já se enfrentaram e deu Ceni, quando o Mais Querido triunfou por 2 a 0, no Mané Garrincha. As estatísticas são do portal interativo ‘Footstats’.

O confronto de gigantes, como mencionado, acontecerá neste domingo (11), às 11h (horário de Brasília), no Mané Garrincha. O vencedor, além de ganhar em ‘zoações’ do rival, embolsa uma quantia de 5 milhões de reais, algo que pode ajudar muito nas contas. A partida contará com exibição da TV Globo, mas o Coluna do Fla traz a transmissão mais rubro-negra da internet, no YouTube.

Publicado em colunadofla.com.