No entanto, neste sábado, a idolatria será posta à prova. Diante de Um Mineirão que promete encher, o defensor, agora no Flamengo, reencontrará sua ex-equipe e os torcedores que tanto lhe deram carinho no passado recente. Contratado pelos cariocas no meio do ano, Réver se adaptou perfeitamente e assumiu a titularidade do time de Zé Ricardo. Fala até em terminar a carreira no Rubro-Negro:

"Se tiver vaia ou aplauso, isso não pode mudar minha atitude ou minha performance. Tenho que estar focado no Flamengo, eu defendo as cores do Flamengo e vou dar minha vida em busca do melhor ao Flamengo. Foi maravilhoso tudo que vivi no Atlético. Tenho um nome devido ao que conquistei lá, mas vou dar meu melhor ao Flamengo independentemente de ter vaia ou aplauso", falou num primeiro momento, para depois concluir:

"Tenho contrato de um ano, mas espero que seja renovado. Vai depender do que acontecer no Brasileiro, mas tenho trabalhado dia após dia buscando conquistar meu espaço e a confiança do torcedor. Títulos e boas atuações fazem com que as coisas aconteçam naturalmente. Meu maior objetivo é permanecer aqui e construir uma história para, quem sabe, ficar o resto da minha carreira no Flamengo", projetou.