| Futebol

DÚVIDA CRUEL

O QUE FAZER?

        Caros amigos, nossa reação no Campeonato Brasileiro está sendo fantástica. Após o Luxemburgo assumir o time, nossas estatísticas apresentam números de time campeão.

         Contudo, a partir de amanhã começa novamente nossa participação na Copa do Brasil, competição que somos os atuais campeões e entraremos para defender o título.

Desde o ano passado, os times que estavam participando da Copa Libertadores, só começam a jogar na Copa do Brasil nas oitavas de finais. Ou seja, o caminho para ama possível reconquista é bem mais curto, apenas quatro fases ou oito jogos, sendo quatro confrontos de ida e volta.

Porém estou com uma dúvida cruel. Devemos jogar as duas competições com o mesmo afinco ou devemos priorizar uma delas?

É fato que não temos elenco para jogar as duas competições simultaneamente com a mesma qualidade, essa é minha humilde opinião.

Devemos tentar continuar trilhando o caminho das vitórias no Brasileiro, campeonato mais duro e longo, onde apenas os quatro primeiros colocados conquistam vaga na próxima Taça Libertadores? E no momento, mesmo tendo ganho cinco jogos dos últimos seis diputados, ainda estamos a nove pontos do quarto colocado.

Ou devemos colocar um time mais fraco no Brasileiro para tentar apenas nos deixar fora da “Confusão” e partir com tudo na Copa do Brasil em busca do nosso quarto título?

Precisamos ter a coerência e sensibilidade para escolher qual das duas competições devemos priorizar, para que não fiquemos pelo caminho nos dois campeonatos.

Se eu tivesse que decidir, optaria por continuar priorizando o Brasileiro, uma vez que ainda não estamos salvos da zona da degola e pessoalmente, acredito que temos grandes chances de vencer os nossos próximos jogos e continuarmos subindo na tabela.

E caso conseguíssemos chegar a uma possível semifinal da Copa do Brasil, jogando com um time B, passaria a dar total atenção a essa competição também.

O que será que o Luxa vai fazer? Façam suas apostas.

Saudações Rubro-Negras!

Mengão Sempre!

 


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.