Eduardo Bandeira minimiza protesto realizado por torcedores do Flamengo

Eduardo Bandeira minimiza protesto realizado por torcedores do Flamengo

Na manhã desta segunda-feira (23), o Flamengo embarcou para a Colômbia, visando o duelo contra o Santa Fe, pela quarta rodada da Copa Libertadores. Durante o embarque, um grupo de torcedores protestou contra a delegação rubro-negra. Já em território colombiano, o presidente do Fla, Eduardo Bandeira de Mello, falou sobre o assunto.

Em breve entrevista ao jornalista Marcelo Baltar, do Globo Esporte, o mandatário minimizou a ação dos torcedores e admitiu que o Flamengo está sempre pressionado, por conta do tamanho do clube.

— É (foi conturbado), mas está tudo bem. Eram poucas pessoas, o importante é que correu tudo bem. Agora vamos tentar ganhar do Santa Fe […] O Flamengo está sempre pressionado, isso é da natureza de quem é grande. —, afirmou o presidente.

A partida contra o Santa Fe está marcada para as 21h45 da próxima quarta-feira (25). Apesar de ser líder do grupo, o Flamengo precisa de um bom resultado na casa do adversário. Caso a equipe colombiana vença o confronto, vai chegar a seis pontos na competição e ultrapassar o Fla. O outro duelo da chave será na quinta (26), entre River Plate e Emelec. A equipe argentina vai jogar em casa e é grande favorita no embate. Se vencer, o River chega a oito pontos na classificação.