| Futebol

Eduardo chega ao Rio caminhando normalmente, mas ainda é dúvida

Atacante revela que dores nas costas após joelhadas de Luccas Claro já são bem melhores e realizará exame ainda nesta quinta-feira. Médico minimiza problema e prevê reavaliação na sexta

saiba mais
  • Dores diminuem, e Eduardo saberá
    se vai à Bahia ou não nesta sexta

Boa notícia para o torcedor do Flamengo. Sem mancar e relatando sentir bem menos dores, Eduardo da Silva chegou ao Rio de Janeiro caminhando normalmente nesta quinta-feira, após sofrer pancada nas costas na derrota por 3 a 0 para o Coritiba, na noite de quarta, pelas oitavas de final da Copa do Brasil. O croata deixou o Aeroporto Internacional Tom Jobim juntamente com o médico Márcio Tannure direto para fazer exames médicos e ainda é dúvida para pegar o Vitória, domingo, no Barradão.

Eduardo da Silva no desembarque do Flamengo (Foto: Cahê Mota)Eduardo da Silva atende pedido de foto de fã na chegada do Flamengo ao Rio de Janeiro (Foto: Cahê Mota)

O atacante foi o jogador mais assediado no desembarque do Flamengo no meio da tarde, vindo de Curitiba. Apesar do placar elástico sofrido na capital paranaense, o clima era de tranquilidade e boa parte dos jogadores foi assediada por curiosos que passavam pelo local. Até mesmo um torcedor do Fluminense aproveitou a oportunidade para conversar com Vanderlei Luxemburgo. O elenco rubro-negro está liberado nesta quinta e se reapresenta no Ninho do Urubu na tarde de sexta-feira, onde treina e segue para Salvador.

Depois de deixar o Couto Pereira com dificuldades para caminhar, Eduardo da Silva foi medicado e revelou estar em condições bem melhores ao chegar ao Rio de Janeiro. A noite de sono, no entanto, não foi das mais fáceis para o croata, após a joelhada de Luccas Claro na altura de região lombar.

- Quando o corpo esfriou depois do jogo a dor ficou muito forte, mas amanheci bem melhor. Ainda sinto um pouco de dor e vamos ver o que vai dar no exame. Espero poder jogar no domingo, mas vai depender das dores sexta e sábado. Foi difícil aguentar até o fim do jogo. O Flamengo já tinha feito três substituições. Fiquei ali só para não ficar com um a menos.

Luxemburgo no desembarque do Flamengo (Foto: Cahê Mota)Torcedor do Fluminense aproveitou desembarque para bater papo com Luxemburgo no aeroporto (Foto: Cahê Mota)

Responsável pelo tratamento de Eduardo, o médico Márcio Tannure evitou maiores alardes a respeito do problema:

- Não é nada mais grave. Vamos fazer o exame por precaução. Ele melhorou muito de ontem para hoje e na sexta-feira vamos avaliar como vai estar. O futebol é um esporte de trauma, é normal. Nem acho que foi intencional.

Em situação difícil na Copa do Brasil, o Flamengo agora volta o foco para o Brasileirão, onde é o 11º colocado, com 22 pontos. O próximo compromisso acontece no domingo, às 18h30m (de Brasília), no Barradão, pela 18ª rodada.

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.