Curiosamente, o rubro-negro tem um pequeno "tabu" no que diz respeito à campanha desta temporada. Todas as suas vitórias foram por no máximo dois gols de diferença. Caso venha a se tornar campeão, são altas as chances de ser o primeiro na Era dos pontos corridos a levantar a taça sem vencer por 4 ou mais gols de diferença ou então 3 gols fazendo mais de 4 num só jogo. A sacada foi do site ​ESPN, que apontou a eficiência da equipe de Zé Ricardo em jogar o jogo com inteligência suficiente para garantir a vitória independente de outros fatores.

As maiores vitórias flamenguistas em 2016 foram 3 a 1 na Chapecoense, em Chapecó, e 2 a 0 no Coritiba, em Curitiba, e no Atlético-MG, em Brasília. A título de exemplo, até mesmo no improvável título de 2009 o Mais Querido conseguiu uma goleada: 4 a 0 no Internacional, com três gols de Adriano e um de Emerson Sheik (relembre no vídeo ao final do artigo).

Por outro lado, o Palmeiras, líder da competição, já goleou o Atlético-PR e o Figueirense também por 4 a 0. Os paulistas têm o melhor ataque do atual Brasileiro: 50 gols em 29 jogos. O Fla marcou 37.

​​