Egídio não pensa em voltar para o Flamengo: “Cruzeiro é minha casa”

Egídio não pensa em voltar para o Flamengo: “Cruzeiro é minha casa”

Egídio de Araújo Pereira Júnior ou apenas Egídio, é um dos laterais esquerdos mais lembrados pela torcida do Flamengo, mas não pelo futebol que jogou pelo clube. O jogador era o amigo inseparável e defendido por Ronaldinho Gaúcho, quando ambos faziam parte do plantel rubro-negro em 2011. O lateral foi formado nas categorias de base do Fla, mas sem muito espaço e bastante criticado pelos torcedores, acabou indo para o Cruzeiro, onde conquistou dois Campeonatos Brasileiros. Com a carreira consolidada no futebol nacional, o atleta participou do programa Jogo Sagrado, da Fox Sports, e falou do time que o revelou.

Ao ser perguntado se um dia voltaria a defender a camisa do Mais Querido, Egídio lembrou que chegou ao Rubro-Negro com 11 anos, onde passou 15 anos defendendo o clube. No entanto, o atleta afirmou que está feliz no Cruzeiro e que Belo Horizonte é a sua casa atualmente.

Entrei no Flamengo com 11 anos. Foi de 97 a 2012, foram 15 anos dentro do Flamengo. Mas hoje me encontro completamente feliz no Cruzeiro, de ter voltado para o Cruzeiro. Realmente, o Cruzeiro é minha casa —, disse o lateral.

Os laterais do Flamengo vivem um momento conturbado com a Nação Rubro-Negra. Os torcedores desejam que a diretoria contrate laterais para substituir Renê, na lateral esquerda, e Rodinei, na lateral direita. Contudo, Egídio também sofreu bastantes críticas em sua época de Urubu e não seria um bom nome para substituir o atual lateral esquerdo do Fla, segundo parte da torcida.

Com isso, o Mengão volta a campo na próxima quinta-feira (10), quando irá enfrentar a Ponte Preta. Será o segundo jogo das oitavas de final da Copa do Brasil e o time da Gávea joga por um empate para se classificar – o primeiro embate fora 1 a 0 para o Time do Povo, em Campinas. A partida será disputada no Estádio Jornalista Mário Filho e a expectativa é de casa cheia, afinal, já foram vendidos 30 mil ingressos para o cotejo.