| Futebol

Eleições do Fla: situação quer resolver futebol para definir nome

Nomes de Ricardo Lomba e Cláudio Pracownik são vistos como bons nomes pelo grupo de apoio ao presidente Eduardo Bandeira de Mello; Dupla, por ora, afasta candidatura

flameng - Eleições do Fla: situação quer resolver futebol para definir nome

Se a oposição do Flamengo já tem dois nomes fortes em mente, para escolher um candidato para disputar as eleições do Flamengo, em novembro, a situação do grupo de apoio político a Eduardo Bandeira de Mello, também já analisa nomes, mas ainda não tem definições. Entre os conselheiros dois ganham força: o vice de futebol, Ricardo Lomba, e o vice de finanças, Cláudio Pracownik. Entretanto, problemas no departamento de futebol ainda atrasam o processo para definir o candidato.

O grupo político tem reuniões marcadas para debater quem virá com o apoio de Eduardo Bandeira de Mello. A definição do candidato acontecerá apenas em meados de setembro, quando as chapas são obrigadas a apresentar nomes que vão concorrer ao pleito. 

Por enquanto, apesar de terem os nomes como os mais fortes para assumir esse posto, tanto o vice de finanças, quanto o vice de futebol rechaçam essa posição. Lomba, inclusive, confirmou que o momento agora é de focar no futebol, para depois pensar nas eleições.

- Estou com tanto pepino para resolver no futebol que acho que não é hora de pensar nisso. Sou do grupo de apoio do presidente Bandeira e nós ainda vamos definir como isso vai ficar. Por enquanto, não definimos nada, mas acredito que o caminho não seja esse para mim - garantiu o dirigente.

PRACOWNIK TAMBÉM RECHAÇA POSIÇÃO


Claudio Pracownik também mostrou que, por ora, não pensa em ser o  presidente do Flamengo. O vice de finanças tem recebido muito apoio dos conselheiros que estão no grupo de apoio de Eduardo Bandeira de Mello, mas a garante que neste momento só em pensa em ajudar a unir e definir quem virá como candidato.

- Nunca lancei minha candidatura. Estou trabalhando com grupos para ajudar o Flamengo e deixar mais forte. Não estou dizendo que nunca serei candidato, mas nesse momento não tenho a intenção de ser - afirmou, completando:

- Fico feliz em saber que meu nome é comentado e estamos prontos para ajudar o Flamengo. Queremos debater a união de grupos - concluiu.

As eleições do Flamengo acontecem em novembro e encerrará o mandato de seis anos de Eduardo Bandeira de Mello. Quem vencer irá assumir o clube pelo próximo triênio (2019-2020-2021). Quem lidera o principal grupo de oposição a Bandeira é Marcio Braga, ex-presidente do clube.

Fonte: http://www.lance.com.br/flamengo/eleicoes-fla-situacao-quer-resolver-futebol-para-definir-nome.html