​A ideia era testar o elenco, dar ritmo a jogadores que não vêm atuando com frequência e dar confiança à sequência da temporada. No entanto, a derrota do Flamengo para o Figueirense por 4 a 2, na noite da última quarta-feira, contou com falhas defensivas, especialmente do zagueiro Donatti e do goleiro Paulo Victor, e gerou insegurança entre os rubro-negros.

Segundo o site ​UOL Esporte, jogadores, dirigentes e comissão técnica se reuniram após a partida para conversar e garantir que o revés não abalasse o elenco, especialmente durante o Brasileirão, em que o Fla briga pelas primeiras colocações. O técnico Zé Ricardo assegurou que a atuação da Copa Sul-Americana não vai se repetir.

"Os jogadores se cobram e sabem do esforço da direção para montar esse elenco. Não vejo diferença. Acredito que foi um dia ruim e não soubemos recuperar. Fica a lição para entrarmos ligados em todas as partidas. A responsabilidade é minha e com certeza não repetiremos essa atuação", disse o treinador.

Para tentar reverter o resultado do Orlando Scarpelli, o Rubro-Negro jogará com o time titular na próxima quarta-feira, no jogo de volta, em Cariacica, marcado para as 21h45. Antes disso, no domingo, a equipe enfrenta a Chapecoense pelo Campeonato Brasileiro.