​O ano de 2016 não tem sido dos melhores para Emerson Sheik. Com atuações abaixo da média e lesões, o atacante tem sofrido com as críticas da torcida do Flamengo e, insatisfeito, pode deixar o clube ainda nesta janela de transferências. Reinaldo Pitta, empresário do atleta, confirmou a possibilidade.

"Ele está em tratamento por conta da lesão na coxa. Temos que resolver a questão física primeiro. Se aparecer alguma proposta, passarei ao Flamengo. Se for boa, as duas partes vão querer o negócio. É assim que o futebol funciona. O Sheik não é mais nenhum garoto. Creio que o clube me diria se estivesse insatisfeito com o jogador", disse o agente, em entrevista ao site UOL Esporte.

A lesão na coxa a que Pitta se refere deixará Sheik longe dos gramados por pelo menos um mês. Neste ano, o camisa 11 jogou apenas 19 vezes e fez quatro gols. Ele não joga uma partida inteira desde 20 de março, no empate em 0 a 0 contra o Fluminense, e não balança as redes há ainda mais tempo: desde 1 de março, na vitória por 1 a 0 sobre o Madureira.

Apesar dos 37 anos, Sheik ainda tem mercado em países como Qatar, Emirados Árabes e Japão. Atualmente, ele é reserva no Flamengo.

​​