| Futebol

Em busca da Tríplice Coroa

flameng - Em busca da Tríplice Coroa

Eu acredito! Com um ajuste ali e outro aqui, mas mantendo a mesma filosofia de trabalho que estamos tendo, o Flamengo pode muito bem brigar por tudo que nos resta esse ano.

E esse tem que ser foco: Não ter foco em apenas uma competição! Após a prematura eliminação naquela que era a nossa maior obsessão na temporada, a Libertadores da América, quando fizemos todo um planejamento dando foco total na competição continental e quebramos a cara, agora tem que ser diferente.

Como o poeta rubro-negro gosta de dizer: “O Brasileiro é obrigação!” E sempre será, afinal de contas não podemos entrar com vontade facultativa no principal campeonato de futebol do país, ainda mais tratando-se do Maior Clube de Futebol do Brasil.

O Flamengo tem um dos melhores elencos, quiçá o melhor elenco dentre os 20 participantes, e sim, é claro que somos favoritos ao título. E ainda tem o fato de que os outros clubes que entraram na liga como esse status de favoritismo estarão focados na Libertadores.

Temos ainda a difícil Copa do Brasil, que nessa edição de 2017 tem jogos bastante espaçados entre os meses até novembro, ou seja, o Flamengo certamente também é um dos favoritos nesse torneio que temos um baita retrospecto.

Já tivemos a colher de chá de entrar nas oitava-de-final, enfrentando a fraca equipe do Atlético-GO, ainda que tenhamos passado por um sufoquinho desnecessário, estamos agora a três fases, ou seis jogos, do nosso quarto título da Copa do Brasil.

Somando ao nada empolgante título do Campeonato Estadual que conquistamos esse ano,  caso o Flamengo levante o caneco do Campeonato Nacional, e da Copa do Brasil, conquistaríamos uma histórica tríplice coroa, conceito que apenas atingimos no mágico ano de 1981.

Nesse caso foi uma tríplice coroa genérica, mas num intervalo de apenas 20 dias(de 23 de novembro a 13 de dezembro), faturamos a Libertadores, o Carioca, e o Mundial. Uma tríplice coroa nacional seria uma marca inédita na história do Clube de Regatas do Flamengo.

Temos ainda a Primeira Liga, que quando surgiu era um boa ideia para contrapor a maneira provinciana que a CBF administra o futebol tupiniquim. Entretanto, se a graça da liga era a parte política da parada, ela se enfraqueceu, e o torneio agora agoniza.

Não tem motivação, não tem graça, e não serve de nada… Ou seja, a Primeira Liga é uma boa maneira de fazer testes, ajustes, e observar jogadores que não jogam regularmente. Nesse momento é mais um torneio amistoso, que serve apenas para encher ainda mais o já absurdo calendário.

A Sul-americana tá uma mamatinha também, os adversários são bem razoáveis, ela serviria como um ótimo vestibular para a Libertadores 2018, mas sabemos muito bem das limitações do Flamengo quando enfrenta clubes sul-americanos, à conferir.

Enfim, o segundo semestre está apenas começando, grandes emoções estão por vir, e podemos ter um dos melhores 6 meses da história do Flamengo, vamos para cima deles.

 ‘Que os deuses do futebol estejam com o Flamengo!’

Vinny Dunga

Siga no Twitter:  twitter.com/DungaVinny (@DungaVinny)

Curta no Facebook: facebook.com/ColunaDoVinny

Fonte: http://colunadoflamengo.com/2017/06/em-busca-da-triplice-coroa/

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.