• BICAMPEÃO DA LIBERTADORES
  • HEPTACAMPEÃO BRASILEIRO

Em busca do Tri, Flamengo apresenta histórico positivo nas oitavas de final da Libertadores

Por: Jonas Coelho

Nesta terça-feira (24), o Flamengo enfrenta o Racing, fora de casa, pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa Libertadores. O Mais Querido conta com retrospecto positivo nesta fase da competição. Em 16 participações, o Rubro-Negro chegou oito vezes no mata-mata e passou para as quartas de final em cinco oportunidades.

Em 2019, ano do bicampeonato, o Flamengo passou pelo Emelec, do Equador, nas oitavas de final. o Rubro-Negro levou um susto na partida de ida, quando perdeu por 2 a 0, porém, conseguiu reverter o placar no Maracanã e se classificou nos pênaltis.

Já em 1981, edição de estreia e também do primeiro título do Mais Querido, o formato era diferente. A competição era dividida em três etapas. A primeira fase era similar a atual, porém com apenas dois países por grupo. Já a semifinal possuía seis times, divididos em dois grupos de três e, desta forma, o primeiro de cada se classificava para a decisão. A final era disputada em dois jogos, podendo haver um terceiro para desempate, que foi o caso do Flamengo, que venceu o Cobreloa na terceira partida e conquistou a taça.

As outras vezes que o Flamengo passou por essa fase do torneio foram em 1991, 1993 e 2010. Em 91, o Mengo eliminou o Tachira e em 93, passou pelo Minerven, ambos times da Venezuela. Já em 2010, o Fla bateu o Corinthians, mesmo perdendo o segundo jogo por 2 a 1 no Pacaembu.

Nos anos de 2007, 2008 e 2018, o Flamengo foi eliminado nas oitavas. A primeira vez foi contra o Defensor, do Uruguai, no Maracanã. Mesmo vencendo por 2 a 0 na volta, o Rubro-Negro não conseguiu reverter a derrota por 3 a 0 no jogo de ida.

A segunda oportunidade foi diante do América do México. O Mais Querido havia vencido por 4 a 2, fora de casa, mas perdeu por 3 a 0 na volta e saiu da competição. Já a eliminação mais recente foi para o Cruzeiro em 2018. O Flamengo perdeu a primeira partida em casa, por 2 a 0, com gols de Thiago Neves e Arrascaeta, atualmente jogador do Mais Querido. Depois venceu no Mineirão, mas apenas por 1 gol de diferença e deu adeus ao torneio.

O duelo contra o Racing acontecerá às 21h30 (horário de Brasília), no estádio Presidente Perón. Para o duelo, o Coluna do Fla traz a transmissão mais pé quente e rubro-negra da internet, via Youtube. Rafa Penido comanda a narração, acompanhado do comentarista Tulio Rodrigues e do repórter João Pedro Granette.

 

 

Publicado em colunadofla.com.