| Futebol

Em carta, VP de Esportes Olímpicos apresenta resultados do triênio

Alexandre Póvoa descreve evolução da pasta e de legado para atletas e Flamengo. Confira o relatório

Prezado rubro-negro,

Ao final de nosso mandato (triênio 2013 /15), cumprimos nossa obrigação de prestação de contas dos três anos da pasta de Esportes Olímpicos. Temos a convicção que conseguimos preparar o Flamengo para um enorme salto de qualidade a partir da próxima gestão, dessa vez em bases sólidas, para as sete modalidades que estão sob o comando dessa vice-presidência.

Gostaria de agradecer a todos os atletas, profissionais, imprensa e, sobretudo, a todos os rubro-negros, sem exceção. Um agradecimento muito especial ao grupo que assumiu o clube em 2013 e com quem tive a honra de trabalhar dia e noite para implementar uma verdadeira transformação em todos os níveis no Flamengo, que permitiu enormes avanços nos Esportes Olímpicos do clube.

O C.R. Flamengo – futebol, esportes olímpicos e clube social – representa uma só paixão, indivisível, único e enorme dessa forma.  Existem algumas dezenas de milhares de clubes de futebol no mundo; clubes multiesportivos de alto nível não passam de 100. Todo o rubro-negro deve se orgulhar muito disso. Com tudo que foi realizado, ao final desse ciclo olímpico, estaremos credenciados a sermos novamente grandes formadores de atletas e a maior potência olímpica desse país.  Quem viver, verá.

Principais realizações da Diretoria de Esportes Olímpicos no triênio 2013/2015:

 Vitórias esportivas – 121 títulos conquistados (somatório entre conquistas coletivas e individuais dos nossos atletas) em todas as modalidades nos últimos 35 meses. Destaque para a conquista histórica do Campeonato Mundial de Basquete. A média, foi de um grito rubro-negro de "É Campeão" a cada 9 dias no triênio 2013/15. Somente em 2015, foram 38 atletas rubro-negros que nos representaram vestindo a camisa de diversas seleções brasileiras.

  Autossustentabilidade estrutural – Para os esportes olímpicos poderem avançar, sem os "voos de galinha" do passado, provemos condições de infraestrutura aos nossos atletas: Total de R$ 15 milhões investidos na Gávea em reformas, modernizações e construções novas (três ginásios, piscina, duas salas de musculação e força e dojô), além da aquisição de equipamentos de última geração para todas as modalidades.

   Contrato com Comitê Olímpico dos EUA:  Quadriplicação do valor do contrato e transformação de um acordo simples de aluguel em uma ampla parceria; acordos com o Comitê Olímpico Britânico e Brasileiro.

   Criação da Escola de Esportes Sempre Flamengo – Redefinição do conceito das antigas escolinhas, bastante deterioradas. O número de alunos saltou de 1.923 (final de 2012) para os atuais 2.700 (40% de elevação), com o resultado passando de prejuízo para os atuais R$ 1,3 milhões de lucro anual em 2015, valor totalmente reinvestido nos Esportes Olímpicos do clube.

   Lançamento do Projeto CUIDAR (Centro Unificado de Identificação e Desenvolvimento de Atletas de Rendimento):  O salto para a excelência; projeto que reunirá, em um só centro de conhecimento, os profissionais dos esportes olímpicos do clube na área médica, preparação física, fisiologia, psicologia e todos os demais segmentos ligados à ciência do esporte, com o objetivo de formar o atleta em todos os níveis durante o seu desenvolvimento.

    Profissionalização completa do Departamento de Esportes Olímpicos

  Autossustentabilidade Financeira – Nosso orçamento saiu de um déficit de R$ 17 milhões (ainda com alguns meses de salários atrasados de atletas) para uma situação de autossuficiência em todas as modalidades sob nossa direção, com R$ 30 milhões de equilíbrio entre faturamento e despesas no balanço de 2015. No triênio 2013/15, entre projetos incentivados, patrocínios diretos, Escola de Esportes, acordos com Comitês Olímpicos e outras receitas, R$ 59,1 milhões entraram nos esportes olímpicos do clube, sendo R$ 15 milhões investidos em melhora da infraestrutura e compra de equipamentos e R$ 44,1 milhões direcionados para o custeio das modalidades.

  Estruturação da Gerência de Projetos Incentivados – Formulação, acompanhamento e prestação de contas de 21 projetos incentivados (Lei de Incentivo de IR e ICMS, além da Lei Pelé), no valor aprovado total de R$ 99,7 milhões. Dessas aprovações, já foram captados recursos em 17 projetos incentivados, representando um montante de R$ 37,7 milhões.

  Programa Anjo da Guarda Rubro Negro – Criação do programa que, apesar do enorme potencial, hoje já é o maior do Brasil em termos de captação de pessoas físicas dentro da Lei de Incentivo de I.R: 2.000 participantes e R$ 2,5 milhões em contribuições (até novembro/2015) para os projetos aprovados.

  Contatos com empresas para diversos patrocínios do Flamengo – Contatos e visitas a cerca de 250 empresas, com conversão de patrocínios diretos ou incentivados em 16 companhias.

Apresentamos a seguir um relatório completo com todos os detalhes da gestão dos Esportes Olímpicos do Flamengo no período 2013/15.

Clique aqui e leia Relatório de Prestação de Contas da Vice-Presidência de Esportes Olímpicos no Triênio 2013/15

Meu muito obrigado novamente a todos pelo apoio.

Uma vez Flamengo, sempre Flamengo.

Fonte: http://www.flamengo.com.br/site/noticia/detalhe/22654/em-carta-vp-de-esportes-olimpicos-apresenta-resultados-do-trienio

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.