Em comunicado, Independiente coloca responsabilidade de incidentes violentos no Flamengo

Em comunicado, Independiente coloca responsabilidade de incidentes violentos no Flamengo

Através das redes sociais, o Independiente apresentou a denúncia que fez contra o Flamengo à Conmebol por conta dos episódios violentos da última noite, protagonizados por torcedores do clube rubro-negro.

“O Clube Atlético Independiente vem por meio deste comunicado apresentar a seguinte denúncia (...) Como é de conhecimento público e foi mostrado nas redes sociais e na imprensa, na noite anterior, vários grupos organizados de torcedores do Flamengo cometeram atos de violência e agressão, com múltiplos incidentes, contra nossa delegação e torcedores (...) Tanto a responsabilidade pela conduta dos torcedores, como pela falta de segurança recai sobre o Flamengo (...) Vamos ampliar a denúncia nos próximos dias, mostrando as provas pertinentes (...)”, diz parte do comunicado do clube argentino.

Os torcedores do Flamengo fizeram o chamado “Réveillon da Nação” na frente do hotel dos argentinos, na Barra da Tijuca, com fogos e muita gritaria. O movimento terminou em confusão com os torcedores do Independiente e com a polícia. Depois, em Copacabana, aconteceu o mesmo. Vários rubro-negros foram detidos.

A tendência é que o Flamengo seja punido pela Conmebol pelo acontecido. O Independiente também pode ser punido pelos episódios de racismo na Argentina.

Flamengo e Independiente se enfrentam nesta quarta-feira, às 21h45, no Maracanã, pela final da Sul-Americana. O Rubro-negro precisa vencer por dois gols de diferença para levar o título. Uma vitória por um gol de diferença leva a partida para a prorrogação.