| Futebol

Em nova realidade, o reencontro do Flamengo com Mano

Na CBF, técnico evita incluir Copa do Brasil de 2013 em sua lista de conquistas

Felipe, Luiz Antônio, Chicão, Wallace e João Paulo; Cáceres, Elias, André Santos e Carlos Eduardo; Rafinha e Marcelo Moreno. Os 11 jogadores que Mano Menezes colocou em campo na mais emblemática vitória de sua curta passagem pelo Flamengo, justamente sobre o Cruzeiro, em 2013, retratam um clube que, à época, ainda iniciava a sua reestruturação financeira. Mano, que ficou só três meses no cargo e saiu de forma surpreendente, reencontrará no dia 7 de setembro um Flamengo com nomes de muito mais peso, mas sob forte cobrança por títulos. E o técnico, hoje no Cruzeiro, será o obstáculo final na Copa do Brasil.

Em 2013, ele deixou o clube após classificá-lo para as quartas de final da Copa do Brasil, torneio que o rubro-negro terminaria por vencer, já sob o comando de Jayme de Almeida. Entendeu ter sido alvo de interferências em seu trabalho e conduta. Durante o sorteio dos mandos de campo da decisão, nesta quinta-feira, na sede da CBF, evitou incluir a competição em sua lista de títulos.

— Quem conquistou foi o Jayme. Seria apropriação indevida. Demos um passo, até eliminamos o Cruzeiro, que seria campeão brasileiro, talvez no jogo mais difícil. Mas faltava uma etapa, cumprida pelo Jayme. O mérito é de quem vence — disse Mano.

Estudar o Flamengo de Reinaldo Rueda, há apenas dez dias no cargo, é um desafio para Mano, que já completou um ano de Cruzeiro.

— Se tem um país em que isso acontece, é o nosso. Já preparamos uns dez jogos na temporada em que o técnico adversário tinha chegado na semana. Cria uma subjetividade. É um treinador vencedor, que a genconhece. Mas o Flamengo tem jogadores com características próprias.

Ele concorda que terá pela frente um Flamengo mais forte do que em sua passagem pelo clube.

— Vejo com bons olhos a recuperação da saúde de clubes brasileiros, o Flamengo entre eles — disse Mano, que disse ser contrário ao regulamento da Copa do Brasil, que não prevê o gol marcado fora de casa como critério de desempate na final.


Seja o primeiro a comentar

Fonte: https://oglobo.globo.com/esportes/em-nova-realidade-reencontro-do-flamengo-com-mano-21744593

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.