Robinho não é visto com bons olhos pela torcida justamente por ter renegado a Vila Belmiro antes de se acertar com o Galo. Já Diego vive situação bem diferente. Foi saudado pelos torcedores quando esteve no campo santista defendendo o rival carioca e, assim, um retorno do experiente meia cairia bem. O problema, claro, é tirá-lo da Gávea.

O jogador, que veste a camisa rubro-negra desde o ano passado, recebe um salário inviável para os atuais padrões do Peixe. Porém, se aposta no mau momento (o pior desde que retornou ao futebol brasileiro) para baratear este custo, que também envolveria um pagamento ao rival. O atleta, por exemplo, perdeu o pênalti que acabou sendo decisivo para o Cruzeiro ficar com o título da Copa do Brasil e nem de perto tem sido um protagonista da equipe - que é o que se esperava dele. Assim, é tratado entre os santistas como o nome ideal para suprir a provável saída de Lucas Lima.