Em entrevista ao ​Lance!, ele deixou claro que sabe de sua importância para a equipe. "Não é à toa que estou vestindo uma das maiores camisas do Brasil, senão a maior. Ninguém vai jogar no Flamengo quatro ou cinco temporadas se não tiver qualidade. É um time de pressão enorme, muito grande, tenho certeza de que também tenho uma capacidade grande", destacou o atleta de 28 anos, autor do gol da vitória no primeiro Fla-Flu decisivo do Estadual.

Por sua capacidade de movimentação, Everton ganhou o apelido de "motorzinho". E o entrosamento com parceiro como o peruano Guerrero vem fazendo a diferença. o melhor centroavante do Brasil, sem dúvidas. Segurar a bola como ele faz é difícil. Nós já sabemos disso, é fácil fazer o 'um, dois' com ele", completou. Pelo jeito, vai ser difícil tirá-lo do time. Mesmo se o Everton Ribeiro chegar, terá que jogar muito futebol...