Ele está emprestado pelo Santos até a metade do ano. Como há um contrato com o Peixe até o final de 2018, é preciso o aval da equipe paulista para que aconteça o acordo. O empresário Vinicius Prates disse que há interesse do atleta em permanecer na Gávea, o que será definido mais adiante. E, segundo o executivo de futebol do Mengão, Rodrigo Caetano, o clube também quer contar com o jogador por mais tempo. Então, resta esperar.

​​