Uma parceria entre o governo estadual e um grupo de empresários do Amazonas está envolvida em uma negociação para trazer mais jogos de Flamengo e Vasco para Manaus. A ideia da força tarefa é, aproveitando a impossibilidade dos clubes de mandarem jogos no Rio de Janeiro durante as Olimpíadas, fazer da Arena da Amazônia uma espécie de segunda casa carioca. As informações são do globoesporte.com.

- Já estamos negociando com clubes do Rio de Janeiro e de São Paulo, em virtude do período que vão ficar inutilizados os estádios do Rio de Janeiro e receber jogos aqui (em Manaus). A gente já está trabalhando Olimpíada pensando no pós-Olimpíada também - afirmou Fabrício Lima, secretário estadual do esporte.

Durante todo o mês de agosto, Grupamento Especial de Policiamento em Estádios (GEPE) estará à disposição da organização dos jogos Rio 2016. Sem o policiamento necessário, os clubes cariocas não poderão mandar jogos no estado.

A Arena da Amazônia também está sendo utilizada pelo comitê olímpico, mas ficará disponível a partir do dia 11. Dessa forma, durante o restante do mês, o estádio pode virar casa dos clubes cariocas, especialmente Flamengo e Vasco. Em abril deste ano, os rivais levaram mais de 40 mil torcedores à Arena em um clássico válido pelo Campeonato Carioca.

​​