Erros do árbitro atrapalham estreia de Barbieri, e Fla mostra mudanças

Erros do árbitro atrapalham estreia de Barbieri, e Fla mostra mudanças

As circunstâncias do jogo com o Vitória, no Barradão neste sábado, impediram que o Flamengo demonstrasse de forma mais clara as alterações na forma de atuar trabalhadas pelo interino Maurício Barbieri, mas a equipe já apresentou diferenças em relação às últimas jpartidas sob o comando de Carpegiani. O empate em 2 a 2 foi marcado pelos erros de Wagner Reway para os dois lados.

Mesmo atuando com um jogador a menos desde os 10 minutos, o Flamengo mostrou uma organização defensiva durante toda o jogo. Sem Éverton Ribeiro, Barbieri sacou Henrique Dourado e colocou Willian Arão. O Fla passou a atuar com duas linhas de quatro e o jovem Vinicius Júnior com liberdade na frente.

A compactação da equipe mostrou-se efetiva e o Vitória criou poucas chances. O gol de Denílson, que determinou o 2 a 2, saiu em falha individual de Juan.

A utilização de Diego Alves na saída de bola, com os pés, também é um pedido de Barbieri. Os jogadores buscaram bastante a opção de jogo com o goleiro, especialmente no primeiro tempo. Em alguns lances, o camisa 1 deu sustos, mostrando que a prática ainda precisará ser aperfeiçoada durante o ano.