| Futebol

Escalação com Barrios e área molhada na etapa final irritam Flamengo em SP

Embora Zé Ricardo e Diego não tenham se manifestado contra o mistério sobre Gabriel Jesus, delegação rubro-negra fica na bronca com fatos ocorridos na partida

flameng - Escalação com Barrios e área molhada na etapa final irritam Flamengo em SP

Além de terem reclamado de hostilidade por parte da torcida palmeirense, membros da delegação rubro-negra deixaram a Arena Palmeiras inconformados com outros fatos ocorridos durante o empate do Flamengo por 1 a 1 com a equipe alviverde, na quarta-feira, em São Paulo. O primeiro deles foi o fato de Cuca ter segurado a escalação de seu time até 21h30. E mais: quando a liberou, divulgou com uma "pegadinha": Lucas Barrios estava entre os titulares, mas quem acabou iniciando a partida foi Gabriel Jesus, dúvida para o duelo e autor do gol dos paulistas.

Confira nas imagens que na segunda escalação divulgada, a foto de Gabriel Jesus é colada sobre a de Barrios. E o espaço reservado ao reserva Fabiano, lateral-direito, é preenchido com outra colagem em branco. O Palmeiras já havia retardado bastante a liberação da formação de sua equipe na partida contra o São Paulo, na semana passada.

O técnico Zé Ricardo e o meia Diego comentaram a mudança de Cuca na divulgação da escalação, mas não se manifestaram contra a estratégia.

- Não (considerou antiético), acho que cada um tenta usar as armas que tem. É válido, ele fez um teste antes no vestiário. Mas na nossa preleção a gente colocou que ele poderia começar com Gabriel Jesus. Não vejo nenhum problema em relação a isso. Ele é superexperiente, vitorioso. Valoriza mais nosso empate. Jesus é o principal atacante do futebol brasileiro hoje. Toda hora que a bola passa por ele leva perigo, tanto que ele fez o gol de empate - disse Zé.

- Está dentro da regra, vale. São detalhes, e nós estamos concentrados nas nossas qualidades. Ele é um jogador sensacional, e acho que é bom que nesse tipo de jogo todos os feras estejam em campo. Mas nós, também com a nossa qualidade, estamos concentrados nos nossos jogadores, e foi o que fizemos hoje - emendou Diego.

No intervalo, um segurança do Flamengo flagrou outra situação que incomodou os rubro-negros que assistiam à partida dos camarotes destinados à diretoria. Durante a irrigação do campo, a pequena área que Alex Muralha defenderia na etapa final foi intensamente molhada. Já no outro lado do campo, um funcionário do Palmeiras trocava a direção da mangueira quando esta se virava para a área da equipe mandante. (veja em vídeo abaixo)

Outro fato que provocou insatisfação em vermelho e preto deu-se pela tática da Mancha Verde em assistir o jogo em outro setor que não costumava se posicionar durante os jogos do Palmeiras. Tal estratégia foi divulgada no Instagram da torcida organizada. Um dirigente disse ter visto integrantes com a camisa da Mancha, o que feriria a punição imposta à mesma em função das brigas entre rubro-negros e palmeirenses no duelo do primeiro turno.


Fonte: http://globoesporte.globo.com/futebol/times/flamengo/noticia/2016/09/escalacao-com-barrios-e-area-molhada-na-etapa-final-irritam-flamengo-em-sp.html

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.