| Futebol

Esquerdinha, 16º maior artilheiro do Flamengo, morre aos 90 anos

Esquerdinha, 16º maior artilheiro do Flamengo, morre aos 90 anos

O Flamengo perdeu nesta quinta-feira um de seus ídolos históricos. William Kepler Santa Rosa, o Esquerdinha, morreu aos 90 anos. O ponta-esquerda atuou em 277 partidas pelo Rubro-Negro e marcou 110 gols, tornando-se 16º maior artilheiro do clube. O velório de Esquerdinha será realizado na tarde desta sexta.

A primeira passagem do ex-jogador pelo Flamengo aconteceu no fim dos anos 1940. Esquerdinha marcou seu nome no clube, porém, na década seguinte. Ele foi tricampeão carioca de forma consecutiva entre os anos de 1953 e 1955, campeão do Torneiro Início (1951), do Quadrangular do Peru (1952), do Quadrangular da Argentina (1953), do Quadrangular de Curitiba (1953) e do Torneio Internacional do RJ (1955).

Natural de Belém, Esquerdinha foi dono da braçadeira de capitão do Flamengo. Durante os anos em que vestiu a camisa do clube, o jogador foi muito respeitado por seus adversários, fosse pela sua liderança ou pela potência do seu chute com a perna esquerda.

Foi com a potência da sua canhota que o ponta quebrou o jejum de campeonatos cariocas pelo qual o Rubro-Negro passava desde 1944. Esquerdinha marcou um dos gols, na goleada por 4 a 1 sobre o Vasco na partida decisiva do Carioca de 1953.

"Na verdade, ele viveu algumas coisas no futebol, mas o Flamengo é o que o mais representou para a carreira dele. O Flamengo era a casa do meu pai. Além de todos da família sermos torcedores, o que simbolizava o Esquerdinha é aquilo que ele construiu no Rubro-Negro, o ídolo que era. Tudo que viveu depois, foi devido ao Flamengo. O clube foi muito significativo não só na vida dele, mas na vida de todo nós", revelou Tatiane Santa Rosa, filha do ponta, ao site oficial do Flamengo.

Neste sábado, às 18h30, o Maracanã terá um minuto de silêncio para Esquerdinha antes da partida entre Flamengo e Grêmio.

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.