| Futebol

Estádios exemplos a serem seguidos

flameng - Estádios exemplos a serem seguidos

O plano de construir um estádio próprio não sai da cabeça do rubro-negro, apesar da vontade de querer ver logo uma casa digna para o tamanho da nação, devemos ter muito cuidado ao planejarmos um estádio no Brasil.

Como sabemos, estádio em terras canarinhas é sinônimo de prejuízo, é preciso ter muito cuidado, um estudo bem aprofundado e um olhar cético em todos os cenários.

Sendo assim, venho trazer 2 exemplos de estádios modernos, mas sem invenções, sem FIFA, tendo em conta que esses podem ser modelos aderidos tanto no terreno da Gávea, onde fica o estádio raiz do Fla (lembrando que caso se confirme, o estádio precisaria ser acústico), ou em um terreno diferente, para um estádio maior e único, caso o Maraca não seja mais possível.

Red Bull Arena – EUA

Localizada em Harrison, Nova Jersey, o estádio é a casa do New York Red Bulls, tem capacidade para 25 mil pessoas, incluindo 30 camarotes e mil cadeiras exclusivas para sócios do New York Red Bulls.

A arquitetura do estádio, feita em curva, já faz parte do visual da cidade e tem uma função importante durante o jogo: ajuda a reter o som da torcida que fica muito próxima ao gramado. O estádio é de fácil acesso para o público. A estação Harrison PATH fica a apenas três quadras da arena e é cercada por diversas lojas de conveniência e acesso a Nova York. Há ainda um estacionamento disponível no local com preços que variam entre $7 e $10.

Ao custo de US$ 250 milhões (cerca de R$ 800 milhões ou quase o valor do Mineirão para a Copa de 2014), lembrando que o dólar está caro e instável, mas quando foi construído em 2010, o custo em reais girava em torno de R$ 450 milhões, um valor viável e aceitável. Outro ponto a ser lembrando, é que segundo a diretoria, existe a ideia de fazer setores populares, ou seja, sem cadeira, o que diminuiria o custo.

Orlando City Stadium – EUA

Inaugurado no início de 2017, o estádio do Orlando City é um exemplo para qualquer time que sonhe com uma casa própria. Tendo um dos seus sócios o empresário brasileiro e flamenguista Flávio Augusto, os Lions levaram apenas 2 anos para construir, tudo isso seguindo o cronograma corretamente.

Com capacidade para 25.500, embora seja extremamente novo, o estádio já é o mais bem avaliado da MLS, principal liga americana. Se encontra a duas quadras do Amway Center, onde joga o Orlando Magic da NBA. O mais importante é que está localizado em Parramore, um dos bairros mais pobres de Orlando e que espera que o estádio sirva para contribuir, de alguma forma, com seu plano de reconstrução. Beijos Leblon!

A arquibancada possui setores sem cadeiras e as grades altas, que têm seu ângulo de inclinação no máximo permitido para estádios nos Estados Unidos. As quatro arquibancadas principais estão cobertas com teto de metal que ajuda a amplificar o barulho da torcida dentro do estádio. O estádio promete ser o de melhor conectividade de toda a MLS. Conta com 583 pontos de acesso à internet wireless, que garantem conexão WiFi de alta velocidade para toda a arena.

Outro aspecto interessante é o sistema de iluminação, é o primeiro instalado num estádio de futebol nos EUA. Os refletores de LED de última geração iluminam 2 vezes mais e economizam até 75% da energia gasta com os refletores tradicionais. Os ingressos são vendidos em pacotes para a temporada, garantindo a fidelidade da torcida durante o ano, e outra parte é deixada para turistas e novos torcedores.

Eu sei que ambos são estádios nos EUA, e que no Brasil convivemos com superfaturamento de obras, atrasos e burocracia, mas para fazer o melhor temos que se espelhar nos melhores também. O que não podemos é querer construir um palácio e mármore e passar o resto da vida devendo.

Sendo na Gávea ou em outro lugar, precisamos pensar bem e trabalhar com todos os cenários, outro fator que não levantei foi o preço dos ingressos, fator que deve ser levado em conta pois sabemos que a realidade brasileira não convém com os altos preços praticados pelos clubes.

E você? Conhece algum estádio que pode servir de modelo para o Fla? Deixe seu comentário!

Twitter… Siga-me os bons! @ma_theusantos

Matheus Gonzaga. SRN!

Fontes: UOL Esportes, MLS, Trivela

Fonte: http://colunadoflamengo.com/2017/05/estadios-exemplos-serem-seguidos/

Comentar pelo Facebook

Leia também


Comentar pelo Site

Nenhum Comentário
Seja o primeiro a comentar essa notícia.